Acha o Fuleco ruim? Conheça cinco mascotes de Copa do Mundo ainda piores

Quando a Fifa anunciou que o mascote da Copa do Mundo de 2014 seria um tatu-bola conhecido como Fuleco (junção das palavras “futebol” e “ecologia”), muita gente torceu o nariz dentro e fora do Brasil. O jornal “As”, da Espanha, detonou o pobre bichinho, que foi chamado de “maldito tatu” pela publicação esportiva. Mas há […]

ZURICH, SWITZERLAND - JANUARY 07: Mascot Fuleco of FIFA World Cup 2014 in Brazil poses during the red carpet arrivals of the FIFA Ballon d'Or Gala 2013 at Congress House on January 7, 2013 in Zurich, Switzerland. (Photo by Harold Cunningham/Getty Images) Acha o Fuleco ruim? Conheça cinco mascotes de Copa do Mundo ainda piores

Quando a Fifa anunciou que o mascote da Copa do Mundo de 2014 seria um tatu-bola conhecido como Fuleco (junção das palavras “futebol” e “ecologia”), muita gente torceu o nariz dentro e fora do Brasil. O jornal “As”, da Espanha, detonou o pobre bichinho, que foi chamado de “maldito tatu” pela publicação esportiva.

Mas há muita coisa pior em termos de mascote. Tudo bem que Fuleco não tem o carisma de outros bichos, como o simpático leão Goleo (mascote da Copa de 2006, na Alemanha) ou o cão Striker (do Mundial de 1994, nos EUA). Mas não chega a ser uma aberração total como já aconteceu.

Se você acha o Fuleco ruim, leitor, prepare-se para conhecer outros mascotes, no mínimo, originais:

Você sabe o que são essas coisas? Provavelmente nem japoneses e sul-coreanos, povos que sediaram a Copa de 2002. Fato é que Nik (roxo), Kaz (rosa) e Ato (amarelo) formam um time de futebol. Bizarro.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade