Adolescentes atiram em menina de 14 anos porque achavam seus Snaps irritantes

Deserae Turner sobreviveu, mas perdeu parte da visão e está com o lado esquerdo do corpo paralisado

Estadão

Adolescentes atiram em menina de 14 anos porque achavam seus Snaps irritantes

Deserae Turner, uma menina de 14 anos, passou dois meses no hospital depois de levar um tiro na cabeça em Utah, nos Estados Unidos. Os acusados são dois adolescentes de 16 anos que achavam os vídeos de Deserea no Snapchat irritantes.

A menina, depois de receber o tiro, foi deixada em uma vala. Ela sobreviveu ao ataque, mas ficou parcialmente cega e está com paralisia no lado esquerdo do corpo.

Segundo o Metro, a juíza Angela Fonnesbeck, do Corte Juvenil do Primeiro Distrito, determinou que os suspeitos, Danny Peterson e Jayzen Decker, serão julgados na corte de adultos. A pena máxima é de 15 anos na prisão.

A juíza disse ao veículo que Peterson planejou e atacou. Foi ele quem puxou o gatilho. Decker é suspeito de ter planejado o crime, não de ter atirado. Os dois foram acusados de atentado grave à vida, roubo grave e obstrução de justiça.

De acordo com as autoridades responsáveis, os adolescentes planejaram o crime enquanto jogavam vídeo game e discutiam seu desejo de se livrarem de Deserae. Ela estava mandando mensagens para um deles pelo Snapchat.

Publicidade

HVT Card
HVT Card

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

HVT Card