Casa de Chopp & Botequim Alagoana reúne amantes da bossa nova e MPB

Super Boss Trio estreia projeto Segundas da Bossa e MPB com convidado especial Igbonan Rocha, no dia 09, a partir das 19h30

Hannah Copertino

Casa de Chopp & Botequim Alagoana reúne amantes da bossa nova e MPB

A mais tradicional casa de chopp de Maceió, Botequim Alagoana, convida o público para iniciar a semana com música brasileira e das boas no projeto Segundas da Bossa e MPB, que além das canções tradicionais, aposta também em releituras desses ritmos, adaptando outros gêneros musicais, como o pop nacional e clássicos internacionais, ao formato bossa nova e MPB.

O repertório é comandado pela Super Boss Trio, formado por alagoanos apaixonados pela musicalidade brasileira. Quem chega ao Alagoana vê um palco com instrumentos imponentes e que chamam a atenção, como é o caso do contrabaixo acústico tocado por Tony Câmara, com destaque às madeiras e cordas, que fazem o som chegar de forma agradável aos mais exigentes ouvidos, com suavidade, mas sem deixar de ter pulsação e vibração nos temas fortes.

A voz e o violão ficam sob o comando de Heraldo França. Já a bateria, que dá cadência às músicas, é conduzida por Betinho Batera. Um trio com sonoridade de alta qualidade, provando ainda mais que Alagoas é terra de excelentes artistas. No repertório, os clássicos vão de João Gilberto a Djavan, passando por The Beatles e Frank Sinatra.

A proposta do projeto é, ainda, promover um encontro de músicos alagoanos na casa.  Quem participa da abertura do Segundas da Bossa e MPB é o cantor Igbonan Rocha. Dono de uma voz marcante, presença de palco e simpatia ímpar, Igbonan se junta ao trio trazendo sua bagagem de mais de 40 anos de carreira artística. Nascido em Salvador, alagoano de coração, há 26 anos vivendo em Maceió, Igbonan é um eterno amante da MPB e do samba e, junto ao Super Boss Trio, vai dar início à semana com muita alegria no projeto Segundas da Bossa e MPB.

Novidade no cardápio:

Tem boa nova também no cardápio da Casa de Chopp & Botequim Alagoana, que é uma paixão nacional: coxinha. De fabricação própria, o petisco tem massa de macaxeira, recheio de frango e um toque de requeijão. O resultado é encantador, para nenhum amante da coxinha colocar defeito.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas