Caso Guilherme Brandão: audiência é retomada nesta sexta

Marcelo Carnaúba, acusado do crime, será ouvido pelo juiz Geraldo Amorim

Caso Guilherme Brandão: audiência é retomada nesta sexta

A Justiça de Alagoas retoma nesta sexta-feira (12) a audiência de instrução de Marcelo dos Santos Carnaúba, acusado de assassinar o empresário Guilherme Brandão em fevereiro deste ano. O interrogatório do réu está marcado para este dia. A audiência foi suspensa no último dia 8 de agosto, após quase 12 horas de depoimentos.

Segundo o juiz Geraldo Amorim, além de Marcelo, serão ouvidas ainda cinco testemunhas de defesa e outras duas indicadas pelo magistrado. Ele destaca que os trabalhos, que começam às 8h, no Fórum de Maceió, no bairro do Barro Duro, devem durar todo o dia, mas a previsão é que sejam encerrados ainda na sexta.

Ao todo, a previsão é que sejam ouvidas 18 pessoas nesta fase do processo. Apenas as testemunhas de acusação foram ouvidas, incluindo a então namorada do empresário e dono do Maikai, Ellen Falcão, e o pai dele, Eutímio Brandão, que, na ocasião, afirmou ter alertado o filho sobre desvios no negócio da família.

A defesa de Marcelo Carnaúba, porém, já refutou, durante o primeiro momento da audiência, a tese de que o crime teria sido premeditado pelo acusado. De acordo com o advogado Raimundo Palmeira, não houve homicídio qualificado e o assassinato aconteceu após um momento de 'explosão'.

O caso

Guilherme Brandão foi assassinado no dia 26 de fevereiro de 2014, com um tiro na cabeça, na sala da Gerência Financeira do Maikai, localizado no bairro da Jatiúca. Segundo o inquérito policial, Marcelo Carnaúba atirou com arma de fogo contra o empresário para que ele não descobrisse o desvio de dinheiro que havia feito. 

A hipótese de latrocínio – roubo seguido de morte – ainda chegou a ser cogitada, mas foi derrubada após a confissão do réu, que alegou que estava se desentendendo com a vítima. Após a confissão, ele entregou a arma utilizada no crime, que chocou alagoanos e até artistas nacionais.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade