Clubes de futebol e jogadores manifestam solidariedade à Chapecoense

Diversos clubes de futebol e jogadores se manifestaram hoje (29) em solidariedade à Chapecoense, após o acidente aéreo que deixou 76 mortos em viagem que levava o time catarinense para a disputa da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, da Colômbia. O Atlético Nacional de Medellín, que enfrentaria o clube catarinense amanhã (30), se solidarizou com […]

Clubes de futebol e jogadores manifestam solidariedade à Chapecoense

Diversos clubes de futebol e jogadores se manifestaram hoje (29) em solidariedade à Chapecoense, após o acidente aéreo que deixou 76 mortos em viagem que levava o time catarinense para a disputa da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, da Colômbia.

O Atlético Nacional de Medellín, que enfrentaria o clube catarinense amanhã (30), se solidarizou com os brasileiros durante a madrugada, “à espera de mais informações”, e colocou uma imagem de luto em seu perfil. 

Dos times cariocas, Flamengo, Fluminense e Vasco, lamentaram o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense. Grêmio e Atlético Mineiro, que jogariam amanhã a partida adiada da final da Copa do Brasil, também manifestaram seu apoio ao clube catarinense.

De São Paulo, o Corinthians, o São Paulo, o Santos, o Palmeiras e a Ponte Preta também se manifestaram no Twitter em solidariedade ao clube e aos familiares e amigos das vítimas. Clubes da região Sul do Brasil, como o Juventude, o Figueirense, o Londrina, o Atlético Paranaense e o Internacional de Porto Alegre, também se manifestaram. Os mineiros Atlético e Cruzeiro e o pernambucano Náutico Capibaribe também prestaram solidariedade às vítimas. 

Na Bahia, o Esporte Clube Bahia – que retorna no ano que vem para a série A do Campeonato Brasileiro – declarou, no site oficial, “estado de choque”, e lembrou profissionais que passaram pelo clube, como o técnico Caio Júnior, o preparador físico Anderson Paixão, o zagueiro William Thiego e o atacante Ananias.  Na corrida para se manter na série A, o Esporte Clube Vitória também publicou uma nota de “profundo pesar” e ofereceu “orações pela recuperação plena dos sobreviventes”. Atuaram no Vitória Mário Sérgio, considerado “um ídolo”, o técnico Caio Júnior, o auxiliar Duca, o analista de desempenho Pipe Grohs e os jogadores Dener, Gil, Cléber, Santana e Arthur Maia.

Diversos times colocaram como foto de perfil a logomarca da Chapecoense em preto, manifestando luto junto com o clube. 

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

HVT Card