Como evitar que seu WhatsApp seja espionado

As vezes nos descuidamos um pouco e deixamos informações sigilosas visíveis para outras pessoas

Olhar Digital

Como evitar que seu WhatsApp seja espionado

Seu WhatsApp pode ser espionado, mas você pode tomar algumas medidas de segurança para evitar que isso ocorra. Não é como se alguém pudesse simplesmente invadir e começar a ler tudo o que você envia e recebe, e sim que às vezes nos descuidamos um pouco e deixamos informações sigilosas visíveis para outras pessoas.

Pode acontecer, por exemplo, de você esquecer de desativar o WhatsApp Web, e aí alguém pode acessar e ler todas as suas conversas.

Confira algumas dicas para evitar que essas coisas chatas aconteçam:

Verificação em duas etapas

Uma das medidas mais importantes de segurança em tempos atuais é a ativação da verificação em dois passos: isso garante que seja necessário mais do que saber simplesmente a sua senha para poder usar um serviço no seu nome.

Disponível para todos desde o começo do ano, o recurso serve para que qualquer tentativa de verificação do seu número de telefone no WhatsApp exija também uma senha de seis dígitos.

Para ativar o recurso, entre no WhatsApp e vá até “Configurações” > “Conta” > “Verificação em duas etapas” > “Ativar”. Além da senha, a configuração vai pedir um endereço de e-mail: é importante definir um existente e que seja de fácil acesso caso você esqueça a sua senha de seis dígitos.

Encerre sessões ativas do WhatsApp Web

Caso você tenha acessado o WhatsApp Web em algum computador e não se lembra se fechou, há uma opção dentro do app no seu smartphone que te ajuda a manter as suas conversas em segurança.

Abra o WhatsApp no smartphone e vá na área reservada ao WhatsApp Web. Lá, você verá todas as sessões que estão ativas, ou seja, todos os computadores em que você entrou com o WhatsApp Web mas não fez logout.

É só tocar em “Sair de todos os computadores” e pronto, sua conta está segura.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade