Consumo consciente de energia é pauta no Dia Mundial do Meio Ambiente

Para a Algás, gás natural é solução energética com baixo impacto ambiental

Consumo consciente de energia é pauta no Dia  Mundial do Meio Ambiente

Preservar o meio ambiente se tornou um dos desafios do século XXI. A partir disso, o uso racional dos recursos e a busca por uma menor emissão dos poluentes são assuntos sempre em pauta que marcam o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado neste domingo (5).

Dentro desse contexto, o gás natural em Alagoas aparece como uma das opções mais viáveis para reduzir os impactos ambientais. É o que explica o gerente comercial da distribuidora alagoana de gás natural, a Algás, Fabio Sousa.

“Amplamente utilizado em residências, comércios, indústrias e em automóveis, o energético é considerado limpo em comparação com combustíveis como gasolina, etanol, diesel, carvão, lenha e óleo combustível (verificar se tem mais algum)”, expõe Sousa. De acordo com a Algás, o status de “ecologicamente correto” do energético se deve ao fato de sua queima ser muito mais completa do que a queima de outros combustíveis.

Um dos segmentos que mais se destacam na redução de emissão de gases é o veicular. “Os automóveis movidos a gás natural emitem menos poluentes, tais como óxidos nitrosos (NOX), dióxido de carbono (CO2) e principalmente o monóxido de carbono (CO). Usando o gás natural veicular (GNV), o motorista está usando uma energia mais consciente em relação ao meio ambiente”, completou o gerente da Algás.

As indústrias que adotam o energético na sua produção também contribuem para o desenvolvimento sustentável de Alagoas. Segundo a Algás, o uso do gás natural pode também gerar resultados significativos para o meio ambiente, além de conforto, modernidade, praticidade, segurança e economia, quando empregado nas fábricas e na geração de energia.

 “Vale ressaltar que o gás natural apresenta um menor impacto ambiental em toda sua cadeia, desde o transporte, que é feito por tubos e não por caminhões, até a queima propriamente dita, a qual emite menos poluentes do que os demais combustíveis fósseis e ainda é isento de partículas de fuligem”, finalizou Fábio.

Em Alagoas, 29 indústrias, 552 estabelecimentos comerciais, 31 postos de combustíveis e mais de 40 mil residências usufruem das vantagens do gás natural.

 

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade