Cultura entrega Biblioteca Pública Estadual com acessibilidade múltipla

Espaço conta agora com piso tátil, mapas táteis, entrada acessível com rampas, elevador com botoeiras internas, entre outros benefícios

Cultura entrega Biblioteca Pública Estadual com acessibilidade múltipla

No Brasil não existem muitos serviços de informação para pessoas com deficiência. Os que existem ou não têm profissionais especializados em informação ou são voltados apenas para um tipo de deficiência. Em Alagoas, a Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos sai na frente e se torna pioneira nesse tipo de acessibilidade com o projeto Biblioteca Acessível.

 Na quarta-feira (26), a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realizou a entrega da Biblioteca Pública Estadual com acessibilidade múltipla, possibilitando o acesso de pessoas com deficiência ao seu acervo físico, digital e virtual. 

Agora, a biblioteca possui piso tátil, mapas táteis, entrada acessível com rampas, elevador com botoeiras internas e externas, banheiros adaptados, auditório de fácil adaptação do cadeirante, estantes com altura acessível. Também disponibiliza acervo impresso em braile, áudio livro, guia – vidente e oferece contação de história para cegos.

Segundo a diretora da Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos, Mira Dantas, o equipamento era um espaço adaptado, mas não possuía todas as características de uma biblioteca verdadeiramente acessível. “Nós incrementamos um pouco mais, além dos espaços adaptados, do acervo impresso em braile e livros falados”, informou. 

A solenidade faz parte da Semana Estadual de Pessoas com Deficiência, uma realização do Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, e contou com a presença da secretária-adjunta de Estado da Cultura, Rosiane Rodrigues; da secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, Roseane Cavalcante; da professora Albanize Mirindiba, da Escola Estadual para Cegos Cyro Accioly; e do diretor da escola, Roberto Leite. 

“É um prazer participar da inauguração da Biblioteca Acessível. Parabenizo a equipe pelo trabalho tão rico e importante. Frequentei a Biblioteca na época em que fazia faculdade e é muito bom vê-la funcionando, com espaços em boas condições e que atendem bem as demandas da população. Ela não é apenas acessível na questão física, mas promove acesso à informação”, disse a secretária Roseane Cavalcante. 

A Biblioteca Graciliano Ramos se destaca em todos os órgãos de Alagoas como o maior sistema de Inclusão do Estado.

 A deficiente visual Ana Maria Bondim destacou a importância da acessibilidade múltipla e o esforço conjunto dos deficientes para mudarem a atual realidade nos espaços públicos. “O deficiente tem muito a oferecer. Ele tendo as ferramentas para se desenvolver, será um bom profissional e irá colaborar melhor com a sociedade”, disse. 

A inauguração também contou com uma palestra sobre História da Arte para Cegos, ministrada pelo escritor Benedito Ramos, e com o Coral da Escola Estadual de Cegos Ciro Acioly.

 

A Semana Estadual de Pessoas com Deficiência se encerra no domingo (30), com uma grande caminhada na orla da Pajuçara. A concentração será a partir das 8h30, no Sete Coqueiros.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade