Cultura homenageia 120 anos do artista alagoano Hekel Tavares

Compositor satubense é reconhecido internacionalmente por seu legado musical

Cultura homenageia 120 anos do artista alagoano Hekel Tavares

Passados quase 50 anos de sua morte, a vida e a obra do artista alagoano Hekel Tavares ainda são lembradas em todo Estado. O músico e compositor alagoano completaria 120 anos e a data será celebrada pelo município de Satuba em parceria com o Governo de Alagoas, com apresentações culturais.

“A cultura alagoana homenageia este grande mestre, que nos deixou um grande legado musical, com obras que navegavam entre o erudito e o popular”, disse a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas.

A comemoração será realizada no dia 16 de junho (quinta-feira), a partir das 19h, na Praça Central (Coreto), em Satuba. A programação conta com uma apresentação dos alunos da Escola Hekel Tavares e do Grupo Musical Camerata Pró-Música de Alagoas, do maestro Max de Carvalho.

 

Hekel Tavares

Nascido em 1896, no município alagoano de Satuba, Hekel Tavares ficou fortemente conhecido por conta de suas canções populares e suas composições folclóricas. Algum tempo depois, começou a aventurar-se entre as composições clássicas, produzindo, gravando e distribuindo seus próprios discos.

Tavares era financeiramente independente por conta de sua música, vivendo estritamente para isso. Partiu para o Rio de Janeiro em 1921, onde começou a produzir canções com um toque mais sofisticado e de muito bom gosto.

O mestre veio a falecer no próprio Rio de Janeiro, no ano de 1969. No entanto, seu trabalho e composições até hoje permanecem na história e bagagem musical do mundo.

Publicidade

HVT Card

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

HVT Card