Deu ruim: musa perde tapa-sexo e bumbum deformado choca Sapucaí

Sabrina Sato chega atrasada na concentração e entra na avenida sem costeiro. Pintura corporal derrete e deixa beldade com mãos e corpo sujos.

Ego / Cristiane Rodrigues

Deu ruim: musa perde tapa-sexo e bumbum deformado choca Sapucaí Deu Ruim no carnaval 2017: Boin Boing deu o sangue pela escola, bumbum estranho choca plateia e musa perde tapa-sexo na Sapucaí (Foto: Ego )

No primeiro dia do desfile das escolas de samba na Sapucaí, no Rio de Janeiro, ou no Anhembi, em São Paulo, não  faltaram imprevistos e situações inusitadas. O carnaval 2017 promete ser mesmo diferente.

Na madrugada deste sábado, 25, no Centro carioca, o tapa-sexo de musa do Parque Curicica caiu em plena passarela do samba e o caso será julgado pela comissão da Liesa . Com isso, Janaína Krauskopf virou assunto e roubou a cena ao falar do acidente: “O tapa-sexo não resistiu à minha energia’”. Já a musa da Viradouro, Natalya Muniz, chocou parte da plateia ao exibir bumbum estranho durante sua passagem. Fotos não favoreceram as medidas da loira, que abriu o verbo e tentou minimizar a polêmica. ‘Minha bunda não é fake, é natural. Tenho 31 anos e balança mesmo”.

Super-Homem pós-Kriptonita? O ator Paulo Dalagnoli ‘voou’ com ajuda de maca e equipamento que sustentava gala da TV no desfile da Viradouro deixou muita gente intrigada. Claro, a pintura corporal acabou derretendo e acabou com parte da magia do personagem. A cantora Beth Carvalho, que recebeu homenagem da Alegria da Zona Sul, passou por um baita susto. É que carro alegórico deu problema na entrada e na dispersão.

Já em São Paulo, Sabrina Sato acabou chegando atrasada na concetração porque foi de carro. Com isso, precisou deixar o costeiro com seis mil penas para trás e entrou com 15 minutos de atraso na avenida. Ao EGO, ela explicou o que aconteceu: “Na hora que eu tava no carro eu comecei a ouvir o samba e sai correndo. Não deu tempo de colocar o costeiro, mas tudo bem”.

A DJ Sabrina Boing Boing sambou tanto que chegou no fim do desfile da Tatuapé coberta de sangue, assustando os foliões. A polêmica Ju Isen fez pintura corporal, que acabou derretendo e deixou a musa com aspecto fim de festa. ‘Voltando ao Carnaval pela porta da frente’, afirmou ela que foi expulsa da avenida no ano passado.

A apresentadora Daniela Albuquerque chegou falando que estava mais ‘gostosinha’. Mas a verdade é que a rainha de bateria da Acadêmicos do Tucuruvi apareceu com creme abacate no rosto para deixar pele iluminada e chamou a atenção por ritual de beleza bem exótico. Aos 51 anos, Isadora Ribeiro apareceu bem ‘diferentona’ e deu receita para a boa formaI: ‘Genética e corrida. Não fico mais atrás de uma silhueta irretocável’.  A cantora Elba Ramalho chegou toda trabalhada no brilho e foi comparada à personagem Chayenne, da novela Cheias de Charme. A rainha da Tom Maior e bailarina do ‘Domingão do Faustão’, Pâmella Gomes quebrou um dedo do pé há 4 dias e precisou desfilar e sambar com bota ortopédica: ‘Superação’, resumiu ela.

Em Salvador, Anitta surgiu look colorido e tranças para puxar trio em Salvador. Mas fãs queriam ver corpo escultural da carioca, que apostou em blusa larga e comprida. “Não é porque é Carnaval que necessariamente precisa deixar as carnes de fora”, explicou.

Pamella Gomes a frente da bateria Tom Maior (Foto: Rafael Cusato/EGO)

 

Sabrina Sato (Foto: Rafael Cusato / Ego)

Ju Isen (Foto: Instagram / Reprodução)

Daniela Albuquerque (Foto: Ego )

Elba Ramalho é comparada à Chayenne, de Cheias de
Charme (Foto: Celso Tavares/EGO – TVGlobo)

Costeiro que a Sabrina Sato não usou no desfile (Foto: Snapchat / Reprodução)

 

Isadora Ribeiro – Antes e depois (Foto: CEDOC – Celso Tavares/EGO)

Paulo Dalagnoli voa pela Sapucaí com ajuda de maca (Foto: Marcos Ferreira / Brazil News)

Beth Carvalho com a filha, Luana, naSapucaí
(Foto: Anderson Barros / EGO)

 

Anitta em trio elétrico na Bahia (Foto: Felipe Panfili/Divulgação)

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade