Economia diversificada de Alagoas faz PIB da região crescer em 2,44% e deixa estado acima da média do Brasil

.

.

Economia diversificada de Alagoas faz PIB da região crescer em 2,44% e deixa estado acima da média do Brasil

O estado de Alagoas conseguiu um bom crescimento econômico em 2019, ficando com o PIB acima até mesmo da média nacional. Alguns especialistas afirmam que o resultado positivo foi por conta de uma diversificação da economia local, passando pelo setor de agropecuária e até mesmo no investimento em tecnologia, seja para educação ou então entretenimento. A expectativa para 2020 é que o crescimento possa continuar, com Maceió e outras cidades alagoanas conseguindo mais evidência no país.
A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), em divulgação oficial no final do ano passado pelo portal TNH1, apontou um crescimento de 2,44% no PIB de Alagoas em comparação com 2018. Ou seja, os últimos 12 meses no estado foram positivos para a economia local. O Brasil, por exemplo, não passou de 1,5% e isso deixa Maceió e outras cidades da região acima até mesmo da média nacional.

Esse crescimento local era esperado pelos especialistas, já que Alagoas tem conseguido diversificar alguns investimentos e alimenta a economia da região. O secretário da Seplag, Fabrício Marques Santos, afirmou que isso foi visto em diferentes setores, mas é preciso ter um olhar maior para a agropecuária e o turismo. No ambiente do agronegócio, o crescimento foi de 13,26%, deixando os números de 2018 muito abaixo. Novamente, se comparar com o crescimento do Brasil no mesmo período, a média alagoana volta a ser bem maior.
Uma reportagem do portal Mercado e Eventos mostra que o turismo também encerrou o ano de forma positiva. Por conta da alta no setor, Alagoas fechou 2019 com seis novos hotéis inaugurados, e com a construção de outros 11 novos projetos. Maceió se destacou ainda mais, já que teve um crescimento de 6% em comparação com o ano anterior. Foi o melhor desempenho do estado nos últimos anos, fazendo a cidade ser destaque no Nordeste.

Tecnologia e investimentos em 2020
Com os bons resultados conseguidos no ano passado, o estado começa a olhar para 2020 de forma otimista. No entanto, para consolidar o bom momento na economia, será preciso fazer cada vez mais investimento em diferentes setores. A inauguração da segunda loja da Nagem em Maceió pode mostrar qual o caminho a seguir, já que o varejo e as novas tecnologias começam a andar cada vez mais unidos.

Um estudo realizado pelo LinkedIn, e divulgado recentemente na revista Época, mostra que o impacto da tecnologia vai muito além do que as pessoas imaginam. O aumento na confiança das pessoas, ao utilizar ferramentas da internet em compras, é cada vez maior. Esse estudo mostra que 77% das pessoas estão aumentando o uso de tecnologias para realizar compras, independente de qual forma. Enquanto isso, 78% acredita que o investimento neste setor deve aumentar nos próximos meses.

Ou seja, é impossível que Alagoas cresça sem investir em tecnologia. Principalmente se olharmos para o entretenimento, que talvez seja o setor que mais sofreu mudanças recentes. O crescimento das vendas do PlayStation 4, por exemplo, bateu novos recordes em 2019 no país e deve continuar no próximo ano. O mesmo acontece com os jogos online, em que sites de caça níquel online, como por exemplo o da Betway Cassino, na tecnologia live streaming para aumentar o público em todos os estados brasileiros. É uma tecnologia semelhante usada pela AppleTV+, o canal virtual de filmes e séries da empresa norte-americana que foi lançado em novembro do ano passado e deve ganhar mais espaço em 2020.

Todos esses números e exemplos devem servir de inspiração para Maceió e outras cidades do estado. Por aqui, o assunto tecnologia ainda é pouco explorado, mesmo com o grande potencial que existe. Isso foi comprovado quando Maceió realizou a 1ª edição do Challenge Games Alagoas, que aconteceu em setembro e outubro de 2019. O evento reuniu fãs de jogos eletrônicos e curiosos por novas tecnologias, porém ainda não existe confirmação de uma nova edição para 2020.

Outros setores
Além dessas áreas que citamos, a economia de Alagoas também pode expandir os investimentos em busca do mesmo crescimento que conseguiu em 2019. No varejo, por exemplo, a expectativa é cada vez melhor. Uma reportagem do portal da UOL mostrou que a alta no setor está na casa dos 2,9% e que deve se manter nos próximos meses. Aproveitar esse momento positivo pode significar melhora na economia.

 

Isso faz com que a oportunidade de novos negócios possa surgir e, ao mesmo tempo, a especialização de novos empreendedores. Neste mês, a cidade de Maceió recebeu o workshop Formação Power Professional do Eduardo Shinyashiki, que é voltada justamente para quem busca uma nova aventura na vida profissional. Esse tipo de iniciativa pode fazer com que novos negócios surjam na região.

A ajuda do estado também é importante, pois depender da iniciativa privada pode significar olhar para apenas alguns dos lados. Por isso, o objetivo para 2020 pode ser mais do que apenas apostar em diversificação nos investimentos. A especialização de profissionais, que já acontece agronegócios, pode ser a nova meta para fazer a economia se manter em crescimento.
Alagoas terminou 2019 de forma positiva, e com muitos motivos para comemorar e receber elogios. No entanto, a região não pode ficar olhando apenas para os bons números do passado e repetir as mesmas ações. Será preciso fazer mais, investir mais e continuar a colher os frutos de uma economia que cresce e se destaca até mesmo da média brasileira, que ainda luta para crescer de forma definitiva.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas