Ed Westwick, o Chuck Bass de ‘Gossip Girl’, é acusado de estupro por atriz

Depois de Kevin Spacey, agora Ed Westwick é mais um acusado de estupro

Hugo Gloss / Hugo Gloss

Ed Westwick, o Chuck Bass de ‘Gossip Girl’, é acusado de estupro por atriz

Motivada pelas últimas denúncias de abuso sexual em Hollywood, a atriz Kristina Cohen decidiu expôr nesta segunda-feira (6) um episódio de estupro que teria sofrido nas mãos de Ed Westwick, conhecido pelo papel de Chuck Bass de “Gossip Girl”. Segundo a jovem que acumula papeis pequenos em séries da TV norte-americana, o caso teria acontecido em 2014 no apartamento do astro.

Eu estava namorando um produtor que era amigo do ator Ed Westwick. Foi esse produtor que me trouxe para a casa de Ed, onde conheci Ed pela primeira vez. Eu queria ir embora quando Ed sugeriu “nós todos devíamos transar”. Mas o produtor não queria que Ed se sentisse desconfortável. Ed insistiu para que eu ficasse para o jantar. Eu disse que estava cansada e que tinha de ir embora, tentando me livrar do que já era uma situação desconfortável. Ed sugeriu que eu cochilasse no quarto de hóspedes. O produtor disse que ficaríamos só mais 20 minutos para amenizar a situação, e então poderíamos sair“, recordou ela em publicação feita em sua conta no Facebook.

A atriz então seguiu a recomendação de Ed para ficar no quarto de visitas e acabou adormecendo por lá. “Foi aí que fui acordada abruptamente com Ed em cima de mim, e seus dedos entrando em meu corpo. Eu disse a ele para parar, mas ele era forte. Eu lutei com ele o máximo que pude, mas ele agarrou meu rosto com as mãos, me sacudindo, dizendo que queria me foder. Fiquei paralisada, aterrorizada. Eu não podia falar, não podia mais me mexer. Ele me segurou e me estuprou. Foi um pesadelo, e os dias seguintes não foram melhores“, desabafou ela, acrescentando ter sido considerada culpada pelo tal produtor.

Ele disse que eu tinha participado por vontade própria. Disse que eu não podia falar nada porque Ed mandaria pessoas atrás de mim, para me destruir e que aí eu poderia esquecer minha carreira de atriz. Disse que não havia um jeito de falar que Ed “me estuprou” e que eu não iria querer ser “aquela garota”. E por muito tempo, eu acreditei nele. Eu não queria ser “aquela garota”. Agora percebo as maneiras pelas quais esses homens no poder se relacionam com as mulheres e como essa tática é usada com muita frequência em nossa indústria e certamente em muitos outros meios“, ressaltou.

Estou enjoada de ver homens como Ed respeitados publicamente. Entrevistado por lugares de prestígio, como a Oxford Union Society na Oxford University, onde foi homenageado como uma das “pessoas modelo para nosso mundo”. Como isso acaba? Homens como Ed usam fama e poder para estuprar e intimidar, mas depois continuam pelo mundo, conquistando elogios“, declarou, antes de finalizar, encorajando mulheres e homens a denunciarem abusos que já sofreram.

Kristina Cohen

Publicidade

HVT Card

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

HVT Card