Encontro espera reunir Cursilhistas de 42 anos de trabalhos de evangelização

Há 42 anos trabalhando na evangelização de pessoas o Movimento dos Cursilhos de Cristandade (MCC), movimento ligado a Igreja Católica, promove no próximo sábado o 1° Encontro da Arquidiocese de Maceió. O encontro quer reunir pessoas que fizeram parte da história do movimento, mas será também uma oportunidade para as pessoas que pretendem conhecer esse movimento católico, que é […]

Há 42 anos trabalhando na evangelização de pessoas o Movimento dos Cursilhos de Cristandade (MCC), movimento ligado a Igreja Católica, promove no próximo sábado o 1° Encontro da Arquidiocese de Maceió.


O encontro quer reunir pessoas que fizeram parte da história do movimento, mas será também uma oportunidade para as pessoas que pretendem conhecer esse movimento católico, que é um dos mais atuantes da igreja em Alagoas. 
Marcado para a manhã deste sábado (31), o encontro, que é gratuito, terá a participação, como facilitador de uma das palestras, do médico Milton Ênio, que está entre os membros mais antigos do movimento.

Para o organizador do evento, o dentista Dário Fernandes, os participantes poderão conhecer uma palavra de esperança, e exemplos de pessoas que tiveram suas vidas mudadas pela aplicação do método ver/julgar/agir/avaliar/celebrar.

“Você mudando sua família para melhor, tudo vai mudar na tua vida. Eu acredito nisso. Acho que é uma grande oportunidade de se ver isso de perto, e podermos vivenciar esses momentos especiais na vida dessas pessoas”, disse ele.


Para o coordenador do MCC, em Maceió, Jorge Lemos, o encontro marca um ano impar nesses 42 anos de existência. “É um ano em que estamos fazendo uma retrospectiva e mapeando até onde o movimento chegou nesses 42 anos, e esse encontro deverá marcar bem esses avanços”, pontuou.


O Cursilho.


O MCC nasceu nas ilhas espanholas por iniciativa de um grupo de jovens que sentia a necessidade de transformar os ambientes dentro do contexto político-econômico-social no qual a Europa estava inserida nas décadas de 1930 e 1940.

No Brasil, o movimento chegou a 52 anos, no estado de São Paulo, migrando, conforme seu carisma peregrino, para outras dioceses do país.

Foi o então arcebispo de Maceió, Dom Adelmo Machado, que foi a Salvador, conhecer esse movimento para trazê-lo a Alagoas, onde está presente em Maceió, Palmeira dos Índios, Batalha, São Miguel dos Campos, União dos Palmares, Delmiro Gouveia e Viçosa.

Nesses 42 anos, o movimento atingiu marcas impressionantes como a realização de cinco encontros de três dias por ano, sendo dois masculinos, dois femininos e um misto para jovens. Apenas em Maceió, 5000 pessoas já tiveram a oportunidade de viver essa experiência.


Serviço:
I Encontro do Movimento de Cursilhos de Cristandade
Local: Auditório do Tribunal de Contas do Estado de
Alagoas
Data – 31/05/2014
Horário – 8h às 13h
Entrada Franca

Encontro espera reunir Cursilhistas de 42 anos de trabalhos de evangelização

Há 42 anos trabalhando na evangelização de pessoas o Movimento dos Cursilhos de Cristandade (MCC), movimento ligado a Igreja Católica, promove no próximo sábado o 1° Encontro da Arquidiocese de Maceió.

O encontro quer reunir pessoas que fizeram parte da história do movimento, mas será também uma oportunidade para as pessoas que pretendem conhecer esse movimento católico, que é um dos mais atuantes da igreja em Alagoas. 
Marcado para a manhã deste sábado (31), o encontro, que é gratuito, terá a participação, como facilitador de uma das palestras, do médico Milton Ênio, que está entre os membros mais antigos do movimento.

Para o organizador do evento, o dentista Dário Fernandes, os participantes poderão conhecer uma palavra de esperança, e exemplos de pessoas que tiveram suas vidas mudadas pela aplicação do método ver/julgar/agir/avaliar/celebrar.

“Você mudando sua família para melhor, tudo vai mudar na tua vida. Eu acredito nisso. Acho que é uma grande oportunidade de se ver isso de perto, e podermos vivenciar esses momentos especiais na vida dessas pessoas”, disse ele.

Para o coordenador do MCC, em Maceió, Jorge Lemos, o encontro marca um ano impar nesses 42 anos de existência. “É um ano em que estamos fazendo uma retrospectiva e mapeando até onde o movimento chegou nesses 42 anos, e esse encontro deverá marcar bem esses avanços”, pontuou.

O Cursilho.

O MCC nasceu nas ilhas espanholas por iniciativa de um grupo de jovens que sentia a necessidade de transformar os ambientes dentro do contexto político-econômico-social no qual a Europa estava inserida nas décadas de 1930 e 1940.

No Brasil, o movimento chegou a 52 anos, no estado de São Paulo, migrando, conforme seu carisma peregrino, para outras dioceses do país.

Foi o então arcebispo de Maceió, Dom Adelmo Machado, que foi a Salvador, conhecer esse movimento para trazê-lo a Alagoas, onde está presente em Maceió, Palmeira dos Índios, Batalha, São Miguel dos Campos, União dos Palmares, Delmiro Gouveia e Viçosa.

Nesses 42 anos, o movimento atingiu marcas impressionantes como a realização de cinco encontros de três dias por ano, sendo dois masculinos, dois femininos e um misto para jovens. Apenas em Maceió, 5000 pessoas já tiveram a oportunidade de viver essa experiência.

Serviço:
I Encontro do Movimento de Cursilhos de Cristandade
Local: Auditório do Tribunal de Contas do Estado de
Alagoas
Data – 31/05/2014
Horário – 8h às 13h
Entrada Franca

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade