`Estávamos esperando o Arthur para o Natal´, diz pai de jogador alagoano

Muito abalado, o pai do jogador alagoano Arthur Maia, que morreu no acidente aéreo que vitimou grande parte do time do Chapecoense durante a madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia, conversou com a equipe da Rádio Pajuçara FM Maceió em sua casa, no bairro da Ponta Grossa, em Maceió, e lamentou a perda precoce do filho. Arthur era […]

`Estávamos esperando o Arthur para o Natal´, diz pai de jogador alagoano

Muito abalado, o pai do jogador alagoano Arthur Maia, que morreu no acidente aéreo que vitimou grande parte do time do Chapecoense durante a madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia, conversou com a equipe da Rádio Pajuçara FM Maceió em sua casa, no bairro da Ponta Grossa, em Maceió, e lamentou a perda precoce do filho.

Arthur era o único filho homem do casal e, após este jogo, já tinha compromisso com a família. “Estávamos esperando ele pra passar o Natal e o Ano Novo com a gente, mas agora tudo mudou”, lamentou o pai.

Com 24 anos, Arthur era muito querido pelos vizinhos da família. “Agradeço a todos pelo apoio que eu e minha família estamos recebendo. Em uma hora de tristeza como esta, é um conforto saber que meu filho deixou uma história bonita”, concluiu o pai do jogador.

Ainda de acordo com Roberto, seu filho tinha objetivos bem claros para o futuro. “Ele conseguiu realizar o sonho de jogar pelo Flamengo, mas não teve tempo de tentar uma vaga na seleção brasileira”.

 “Nunca pensei que fosse passar pela perda de um filho, ainda mais tão novo como era Arthur”, disse emocionado Roberto Maia. “Espero que Deus receba meu filho de braços abertos”, concluiu ele, muito emocionado.

 

Publicidade

HVT Card

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade