Ex-BBB Laércio, preso há 9 meses, aguarda julgamento. ‘Armaram’, defende a mãe

Laércio não foi o primeiro ex-participante do reality show a ter problemas com a Justiça.

Msn Brasil / Marilise Gomes

Ex-BBB Laércio, preso há 9 meses, aguarda julgamento. ‘Armaram’, defende a mãe Ex-BBB Laércio, preso há 9 meses, ainda não foi julgado

Desde o fim do “Big Brother Brasil 16 “, muitas mudanças aconteceram na vida dos ex-participantes: mas, para o paranaense Laércio de Moura, pouca coisa se alterou. Com o julgamento previsto para este ano, o designer de tatuagem segue preso na Casa de Custódia de Curitiba após ser indiciado por estupro de vulnerável.

“Essas meninas armaram contra ele. Estão investigando a vida dele, mas ninguém achou prova alguma. Estamos aguardando, se Deus quiser tudo vai se resolver”, explicou Regina de Moura, de 77 anos, mãe do ex-BBB, ao jornal “Extra” em entrevista neste domingo (12). Segundo a aposentada, Laércio passa bem e está em uma cela com outros presidiários acusados de estupro. “Só reclama de saudade da família, mas manda recado”, afirmou.

Laércio não foi o primeiro ex-participante do reality show a ter problemas com a Justiça. Ex-“BBB12”, Yuri Fernandes foi preso em setembro de 2014 após agredir sua então namorada, a ex-bailarina do “Domingão do Faustão” Angela Sousa. Campeão de “BBB10” e participante do “BBB4”, Marcelo Dourado foi preso em 2005 após consumir drogas em uma festa eletrônica no Rio de Janeiro com outras 27 pessoas.

Publicidade

HVT Card

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade