Exposição no Mupa homenageia Pastoril alagoano

O Museu Palácio Floriano Peixoto recebe a exposição “A História de Minha Chamada Ana”, homenagem à Mestra de Pastoril Ana Ferreira, considerada uma grande figura do pastoril alagoano. A mostra segue até o dia 16 de dezembro.      As peças variam entre vestimentas, esculturas, fotografias e acessórios usados nas apresentações do grupo “Recordar é […]

Exposição no Mupa homenageia Pastoril alagoano

O Museu Palácio Floriano Peixoto recebe a exposição “A História de Minha Chamada Ana”, homenagem à Mestra de Pastoril Ana Ferreira, considerada uma grande figura do pastoril alagoano. A mostra segue até o dia 16 de dezembro. 

 

 

As peças variam entre vestimentas, esculturas, fotografias e acessórios usados nas apresentações do grupo “Recordar é Viver”. Todas as obras são de autoria coletiva, produzidas em oficinas ministradas pela mestra paraibana, naturalizada em Alagoas.

 

Além das oficinas, Mestra Ana fundou, em parceria com Lucineide Medeiros e Maria José Ferreira, o instituo Face a Face, Ponto de Cultura credenciado pelo Ministério da Cultura.

 

 

A exposição foi contemplada pelo Edital de Exposições Temporárias 2016/2017, promovendo a ocupação dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) entre os meses de agosto de 2016 e maio de 2017.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade