Jovens celebram casamento após vender água em AL para custear festa

Filipe e Silvia vendiam água em praia para realizar o casamento perfeito. Jovens se casaram na última sexta-feira (23), no bairro do Antares.

Jovens celebram casamento após vender água em AL para custear festa

O casal de jovens alagoanos que venderam água na praia em busca da festa de casamentoperfeita finalmente se casou na última sexta-feira (23), no bairro do Antares, localizado na parte alta de Maceió. A festa aconteceu no início da noite e contou com 150 convidados.

Segundo a noiva, a universitária Sílvia Christianne Amorim Barbosa, 24, a forma como aconteceu a cerimônia a surpreendeu. “Foi muito mais do que sonhei. Não tenho nem palavras”, disse emocionada.

Sílvia e o auxiliar administrativo Fillipe Coelho da Silva Barboza, 26, começaram, em março deste ano, a vender água na praia, com camisas personalizadas com as inscrições 'Eu amo o meu namorado' e 'Eu amo a minha namorada', em busca de juntar dinheiro para reformar o apartamento e fazer a festa de casamento.

Filipe Coelho da Silva Barboza diz que família também se mobilizou para ajudar na festa (Foto: Alysson Ferreira/Reprodução)
Filipe Barboza diz que família também se mobilizou
para ajudar na festa (Foto: Alysson Ferreira)

O objetivo inicial deles era ganhar um dinheiro extra para ajudar nos gastos da cerimônia, entretanto, a dupla atraiu olhares de diversos admiradores, que resolveram ajudá-los com os móveis e a festa de casamento.

“Nós continuamos vendendo água poucos meses depois da matéria, pois após a notícia, ganhamos quase tudo. Tivemos que parar de vender água na época de chuva, mas o que conseguimos juntar, serviu para mobiliar o nosso apartamento”, explicou Barboza.

De acordo com o noivo, a família também se mobilizou e os ajudou a comprar os móveis para a residência. “Da festa de casamento nós só não ganhamos a iluminação e as flores. Eu não ia fazer nada disso. Programava me casar normal, com os familiares mais íntimos”, completou Barboza.

A cerimônia contou com 10 padrinhos e 150 convidados ao som de grupos musicais. “Quero agradecer a quem nos deu palavras de incentivo, a quem comprou a água que vendemos. A todos os que nos patrocinaram, a família e principalmente a Deus. Isso tudo é um sonho”, finalizou Sílvia.   ?

Pessoas admiram atitude dos jovens e compram água para contribuir com a união do casal (Foto: Larissa Vasconcelos/G1)
Casal vendeu água na praia para ajudar nos
custos da festa (Foto: Larissa Vasconcelos/G1)

Conheça a história do casal
Silvia e Barboza se conheceram em 2014 quando saíam de um culto em uma igreja evangélica.

“Falei para um amigo meu que ela era muito bonita. Quando menos espero, ela me cumprimentou. Eu não entendi, mas retribui. A partir disso, começamos a conversar”, disse o noivo.

Segundo Silvia, ela o cumprimentou porque eles já eram amigos em uma rede social, mas Barboza não sabia.

“Nós já éramos amigos no Facebook, eu o cumprimentei por causa disso. Não estava com segundas intenções. Mas ele não sabia que me tinha na rede social. Ele disse que nunca tinha me visto”, contou Silvia.

O romance engatou após uma semana de conversa e o casal começou a namorar. Após um mês, já estavam noivos. Depois de quatro meses de noivado, o casal decidiu juntar dinheiro em um cofre para o casamento, mas como o dinheiro não era suficiente, o noivo teve a ideia de vender água na praia.

Segundo ele, eles precisavam de um dinheiro extra, além o salário que ele recebia. E, quando contou da ideia para Sílvia, ela aceitou. As vendas iniciaram no domingo 22 de março. A partir da data, o casal ficou vendendo garrafas de água aos fins de semana na orla da praia de Ponta Verde.

Jovens realizam festa com presença de grupos musicais (Foto: Alysson Ferreira/Reprodução)
Jovens realizam festa com presença de grupos musicais (Foto: Alysson Ferreira/Reprodução)

Publicidade

HVT Card

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade