Lançamentos exclusivos compõem primeira noite de Trend House

A primeira noite da Alagoas Trend House encantou jornalistas, produtores, empresários e consumidores de moda que compareceram na noite de ontem no Complexo Gastronômico Mirante Gourmet, no bairro do Farol, em Maceió.  O lançamento do Caderno de Tendências deu abertura ao evento. O material, elaborado, pelo Senai e Sebrae, mostra conceitos e inspirações, além de […]

A primeira noite da Alagoas Trend House encantou jornalistas, produtores, empresários e consumidores de moda que compareceram na noite de ontem no Complexo Gastronômico Mirante Gourmet, no bairro do Farol, em Maceió. 

O lançamento do Caderno de Tendências deu abertura ao evento. O material, elaborado, pelo Senai e Sebrae, mostra conceitos e inspirações, além de sinalizar novas tecnologias, cores e outros elementos para criação de moda. É um projeto que estimula a criatividade eo design na Cadeia Produtiva na moda brasileira. 

Em seguida, quem estreou a passarela da Alagoas Trend House foi o design e estilista Fernando Perdigão, que em 2014 completa 30 anos reinventando o filé alagoano em suas peças. Em comemoração a sua trajetória, ele convidou algumas amigas que acompanharam de perto seu trabalho, como a Consultora de Moda Dani Uchôa, que abriu e fechou o desfile com um look branco composto por short e maxi top, arrematado por um chalé com diferentes pontos de renda filé. 

Um dos pontos altos da noite ficou por conta do Editor de Moda Masculina do Globo.com, Lula Rodrigues, que fez uma verdadeira imersão na história da moda e dominou a sala de desfiles. Há quase três décadas no ramo, o jornalista apresentou sua palestra “Tendências, handmade e outros hypes”, fazendo uma ligação entre a moda masculina e a feminina, explanando aspectos gerais do século XXI, como as Fast Fashions, Casual Wear, Plus Size, Handmade e os acessórios. 

O segundo desfile foi apresentado por Da Rosa, La Gaveta, Petrúcia Lopes e as estreantes em Trend House Lúcia Bastos e Merci. As marcas, conveniadas a Cadeia Produtiva Têxtil de Alagoas, divulgaram seus vídeoeditoriais durante a palestra do Lula Rodrigues e, logo em seguida, colocaram seus looks na passarela, enchendo os olhos do público presente. 

Fechando a noite de desfiles, as marcas Nidas, Dress To, e Espaço Fashion para Divino Conceito, arrasaram na passarela, com suas coleções exclusivas. 

A Nidas mostrou a cultura pop dos anos 80 em suas peças de moda praia, apontando o exagero e ostentação, elementos marcantes na década. A musicalidade foi uma característica forte na coleção apresentada. A cartela de cores dá uma abertura às estampas, sempre com uma pitada de humor. Além de levar muito charme e brasilidade para as areias, as peças são ricas em detalhes.

 A Dress To apresentou looks voltados para o público kids/teen, com produções expostas pelas próprias clientes da marca. Uma gama de estampas norteou a coleção, dos prints gráficos aos florais e étnicos. As pequenas fashionistas farão fila para garimpar os tops croppeds, conjuntinhos e bolsas de franja da coleção.

Com um casting composto por admiradoras da marca, e sob o stylist de Aline Rijo, a Divino Conceito apresentou looks monocromáticos, tricots com perfume artsy e prints tropicais que deixaram o público aos suspiros. As transparências, os croppeds e os plissados foram alguns dos elementos que nortearam a linha Summer da marca. Além disso, referências étnicas nada literais e tons vibrantes serviram de inspiração para as estamparias. Toda essa mistura serviu para compor o tempero tropical com a cara da estação do rei sol.

 

Cozinha Gourmet

 Na Cozinha, elaborada pela Algás, o fotógrafo Hugo Taques vivenciou uma experiência bem diferente. Ao trocar as lentes pelos temperos, o ‘chef por um dia’ apresentou o melhor da culinária mato-grossense. O prato escolhido foi a Ambrósia, um doce conhecido como Manjar dos Deuses.

Os homenageados da noite, Chef Jonatas Moreira e o fotógrafo Victor Collor receberam amigos e familiares num jantar exclusivo. O Chef, após receber as congratulações pelo excelente trabalho na gastronomia alagoana, comandou a cozinha para os convidados de Victor Collor. 

Exposições

Considerado uma das 50 pessoas mais estilosas da moda brasileira, Victor Collor estreou sua exposição Díptico Olhar, uma série de fotografias duplas, cujo objetivo de descrição é a simbiose entre o regional e o universal, um ponto entre Alagoas - seus personagens, suas paisagens - e o mundo, com escalas em São Paulo e Rio.

O Projeto Papel no Varal, do Instituto Lumeeiro, deu o ar poético ao coquetel de encerramento da primeira noite. Junto ao Duo Lumeeiro, o poeta Ricardo Cabús comandou o sarau, que uniu moda, música e poesia.

Lançamentos exclusivos compõem primeira noite de Trend House

A primeira noite da Alagoas Trend House encantou jornalistas, produtores, empresários e consumidores de moda que compareceram na noite de ontem no Complexo Gastronômico Mirante Gourmet, no bairro do Farol, em Maceió. 

O lançamento do Caderno de Tendências deu abertura ao evento. O material, elaborado, pelo Senai e Sebrae, mostra conceitos e inspirações, além de sinalizar novas tecnologias, cores e outros elementos para criação de moda. É um projeto que estimula a criatividade eo design na Cadeia Produtiva na moda brasileira. 

Em seguida, quem estreou a passarela da Alagoas Trend House foi o design e estilista Fernando Perdigão, que em 2014 completa 30 anos reinventando o filé alagoano em suas peças. Em comemoração a sua trajetória, ele convidou algumas amigas que acompanharam de perto seu trabalho, como a Consultora de Moda Dani Uchôa, que abriu e fechou o desfile com um look branco composto por short e maxi top, arrematado por um chalé com diferentes pontos de renda filé. 

Um dos pontos altos da noite ficou por conta do Editor de Moda Masculina do Globo.com, Lula Rodrigues, que fez uma verdadeira imersão na história da moda e dominou a sala de desfiles. Há quase três décadas no ramo, o jornalista apresentou sua palestra “Tendências, handmade e outros hypes”, fazendo uma ligação entre a moda masculina e a feminina, explanando aspectos gerais do século XXI, como as Fast Fashions, Casual Wear, Plus Size, Handmade e os acessórios. 

O segundo desfile foi apresentado por Da Rosa, La Gaveta, Petrúcia Lopes e as estreantes em Trend House Lúcia Bastos e Merci. As marcas, conveniadas a Cadeia Produtiva Têxtil de Alagoas, divulgaram seus vídeoeditoriais durante a palestra do Lula Rodrigues e, logo em seguida, colocaram seus looks na passarela, enchendo os olhos do público presente. 

Fechando a noite de desfiles, as marcas Nidas, Dress To, e Espaço Fashion para Divino Conceito, arrasaram na passarela, com suas coleções exclusivas. 

A Nidas mostrou a cultura pop dos anos 80 em suas peças de moda praia, apontando o exagero e ostentação, elementos marcantes na década. A musicalidade foi uma característica forte na coleção apresentada. A cartela de cores dá uma abertura às estampas, sempre com uma pitada de humor. Além de levar muito charme e brasilidade para as areias, as peças são ricas em detalhes.

 A Dress To apresentou looks voltados para o público kids/teen, com produções expostas pelas próprias clientes da marca. Uma gama de estampas norteou a coleção, dos prints gráficos aos florais e étnicos. As pequenas fashionistas farão fila para garimpar os tops croppeds, conjuntinhos e bolsas de franja da coleção.

Com um casting composto por admiradoras da marca, e sob o stylist de Aline Rijo, a Divino Conceito apresentou looks monocromáticos, tricots com perfume artsy e prints tropicais que deixaram o público aos suspiros. As transparências, os croppeds e os plissados foram alguns dos elementos que nortearam a linha Summer da marca. Além disso, referências étnicas nada literais e tons vibrantes serviram de inspiração para as estamparias. Toda essa mistura serviu para compor o tempero tropical com a cara da estação do rei sol.

 

Cozinha Gourmet

 Na Cozinha, elaborada pela Algás, o fotógrafo Hugo Taques vivenciou uma experiência bem diferente. Ao trocar as lentes pelos temperos, o ‘chef por um dia’ apresentou o melhor da culinária mato-grossense. O prato escolhido foi a Ambrósia, um doce conhecido como Manjar dos Deuses.

Os homenageados da noite, Chef Jonatas Moreira e o fotógrafo Victor Collor receberam amigos e familiares num jantar exclusivo. O Chef, após receber as congratulações pelo excelente trabalho na gastronomia alagoana, comandou a cozinha para os convidados de Victor Collor. 

Exposições

Considerado uma das 50 pessoas mais estilosas da moda brasileira, Victor Collor estreou sua exposição Díptico Olhar, uma série de fotografias duplas, cujo objetivo de descrição é a simbiose entre o regional e o universal, um ponto entre Alagoas – seus personagens, suas paisagens – e o mundo, com escalas em São Paulo e Rio.

O Projeto Papel no Varal, do Instituto Lumeeiro, deu o ar poético ao coquetel de encerramento da primeira noite. Junto ao Duo Lumeeiro, o poeta Ricardo Cabús comandou o sarau, que uniu moda, música e poesia.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Agenda

Cinemas