Mês das Crianças: confira a programação das Feiras de Trocas de Brinquedos em Alagoas

Ação contribui para que os pequenos deem um novo significado aos seus brinquedos usados e incentiva reflexões sobre hábitos de consumo

2PRÓ Comunicação

Mês das Crianças: confira a programação das Feiras de Trocas de Brinquedos em Alagoas

Para comemorar o Mês das Crianças com mais diversão e menos consumo, o programa Criança e Consumo, do Instituto Alana, incentiva que pais, mães, responsáveis, educadores, entre outros, organizem suas edições da Feira de Trocas de Brinquedos. Em Alagoas, a capital Maceió já tem uma edição agendada para o mês de outubro. A agenda completa das Feiras programadas no estado está disponível aqui.

Além destas, outras dezenas de Feiras de Trocas de Brinquedos estão programadas por todo o Brasil no mês de outubro, com a proposta de proporcionar a interação entre as crianças, refletir sobre os apelos ao consumismo na infância e fomentar mudanças de hábito sobre nossos atuais padrões de consumo, como estabelecem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 4 e 12, da Organização das Nações Unidas (ONU).

Vale lembrar que a Feira de Troca de Brinquedos pode ser realizada durante todo o ano e em outros espaços além das escolas, como no quintal de casa, parques públicos ou quaisquer outros espaços coletivos. Pais, mães, responsáveis, vizinhos, entre outros grupos, também podem se engajar e participar da ação. Para saber como organizar a sua Feira de Trocas de Brinquedos, comunicar a realização da atividade em sua cidade ou saber a programação de agendamentos, o Criança e Consumo disponibiliza em seu site informações e materiais de apoio para divulgações.

Sobre o Criança e Consumo
Criado em 2006, o programa Criança e Consumo, do Alana, atua para divulgar e debater ideias sobre as questões relacionadas à publicidade dirigida às crianças, assim como apontar caminhos para minimizar e prevenir os malefícios decorrentes da comunicação mercadológica.

Sobre o Instituto Alana
Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas