Michael Jace, ator que atirou na mulher, já havia sufocado a ex, diz site

Segundo o 'TMZ', o ator de 'The Shield' que assumiu ter atirado na esposa teria agredido também a ex, Jennifer Bitterman, quando eles eram casados.

Michael Jace, ator que atirou na mulher, já havia sufocado a ex, diz site

Michael Jace, que atirou em sua mulher, April, na noite de segunda-feira, 19, já tinha um histórico violento, segundo o “TMZ”. De acordo com o site, ele era um marido violento e abusivo, que teria sufocado sua ex-mulher, Jennifer Bitterman, de quem se separou em 2002, na frente do filho deles, segundo documentos legais do divórcio.

O ator, que ficou famoso por interpretar um detetive no seriado “The Shield”, teria empurrado Jennifer contra a parede e a sufocado, conforme consta em um depoimento dado por um amigo, tudo isso na frente do filho de seis meses de idade. “Foi uma das coisas mais assustadoras que eu já vi”, relatou a testemunha, que disse ainda que essa foi apenas uma, das diversas agressões que Jace cometeu contra Jennifer.

April teria defendido Michael

Na época em que Michael sofreu o processo de divórcio de sua ex-mulher, Jennifer, April teria defendido o ator, com quem já se relacionava. Segundo o “TMZ”, April teria dito ao juiz que Michael proporcionou um lar estável ao seu filho e ela até teria acusado Jennifer de ser uma mãe ruim.

Entenda o caso

Michael Jace ligou para a polícia e relatou que atirou em sua mulher, April Jace, de 40 anos, na noite de segunda-feira, 19, segundo informações do site “TMZ”. De acordo com fontes da publicação ligadas à polícia, Jace telefonou para o serviço de emergência dos Estados Unidos por volta das 20h30 e disse: “Atirei na minha mulher”. April foi encontrada já sem vida pela polícia.

 Vizinhos de Jace, de 51 anos, em Hyde Park, região de Los Angeles, disseram ter ouvido tiros vindo de dentro da casa do ator, pouco tempo depois de April chegar em casa com os filhos. Pelo Instagram, um deles chegou a escrever: “Caramba! Meu vizinho, Michael Jace, acabou de matar a mulher no meu quarteirão.”

Fontes do site afirmam que, após disparar contra a mulher, ele permaneceu ao telefone, como lhe foi instruído, até que a polícia de Los Angeles chegasse.

O ator, mais conhecido pelo papel do detetive Lowe no seriado “The Shield”, foi levado sob custódia para ser interrogado por volta de 1h da manhã. Segundo o site da rede de televisão e rádio CBS, ele está preso e sua fiança é de US$ 1 milhão.

Os filhos do casal – ambos com menos de 10 anos – estavam extremamentes tristes e também foram levadas para a delegacia. Os policiais teriam ficado furiosos com a demora do serviço social, que levou quatro horas para ir até lá e levar as crianças para a casa de um familiar, onde poderiam ser consoladas.

“É muito triste quando há crianças envolvidas. Ainda não está claro se eles viram os tiros, sabemos apenas que eles ouviram. Agora eles estão sem mãe e sem pai. É uma situação muito triste”, disse a detetive Sal LaBarbera, do departamento de polícia de Los Angeles.

Segundo o site “Radar Online”, vizinhos disseram à polícia que o caso seria resultado de violência doméstica. Os investigadores estão tentando descobrir se trata-se de um homicídio ou acidente. “Eles eram um casal muito amável, é só o que tenho a dizer. Eles sempre demonstraram afeto um pelo outro e por seus filhos” disse Sharon Prince, vizinho do casal, à CBS.

O ator foi casado com Jennifer Bitterman, de quem se separou em 2002.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade