No Ar Coquetel Molotov anuncia edição em Belo Horizonte

A primeira edição do festival pernambucano No Ar Coquetel Molotov em BH já tem data: será dia 15 de outubro no espaço Centoequatro. Algumas das atrações confirmadas para a edição mineira do Coquetel Molotov são a cantora Ava Rocha (pela primeira vez em BH), o grupo mineiro Pequeno Céu e o pernambucano Jam Da Silva – além de uma série […]

No Ar Coquetel Molotov anuncia edição em Belo Horizonte

A primeira edição do festival pernambucano No Ar Coquetel Molotov em BH já tem data: será dia 15 de outubro no espaço Centoequatro. Algumas das atrações confirmadas para a edição mineira do Coquetel Molotov são a cantora Ava Rocha (pela primeira vez em BH), o grupo mineiro Pequeno Céu e o pernambucano Jam Da Silva – além de uma série de oficinas e debates e prévias. A chegada à capital mineira é fruto de uma parceria com a produtora Quente, além do patrocínio do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados o apoio do Oi Futuro.

O No Ar Coquetel Molotov acontece no Recife há 13 anos, sob a batuta de Ana Garcia e Jarmeson de Lima e já realizou edições em Salvador, Fortaleza e Belo Jardim (PE). No Recife, o festival acontecerá no dia 22 de outubro e já confirmou no line-up Céu (SP), BaianaSystem (BA), Boogarins (GO), Barro (PE), Ventre (RJ) e Rakta (SP).

Os ingressos para o festival de BH já estão à venda através da Sympla com preços promocionais de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada): http://www.sympla.com.br/quente

JAM DA SILVA: é um artista capaz de cruzar as barreiras geográficas e estéticas. Com vasta experiência musical, já lançou dois álbuns em carreira solo – Dia Santo (2009) e NORD (2014) – e outros inúmeros discos coletivos. O músico viajou em várias excursões e colaborou com uma série de artistas internacionais e nacionais, ao vivo e em estúdios. Seu álbum “NORD” é uma provocação ao destino, exílio voluntário em busca de uma aproximação geográfica e sensorial gravado entre o Brasil e a Islândia.

AVA ROCHA: voz rara, doce e poderosa, cheia de texturas tropicalistas e herdeira direta de Macalé, Ava Rocha é uma das maiores revelações da música brasileira. A filha de Glauber e da também cineasta Paula Gaitán atua em parceria com o marido e compositor Negro Leo. Seu disco “Ava Patrya Yndia Yracema” foi produzido por Jonas Sá, gravado e mixado por Martins Scian, com uma banda poderosa e cheio de participações especiais, mas sem desviar em nenhum acorde ou letra do estilo Ava ao mesmo tempo forte e suave, profundo e solar.

PEQUENO CÉU: começou como um projeto solo de Manuel Horta, que em 2009 lançou seu primeiro trabalho (todo gravado e tocado pelo próprio Manuel). A partir de 2011, o projeto foi ampliado e se tornou uma banda, lançando o disco “Sargaço” no fim de 2014. Musicalmente, é uma mistura entre a música popular brasileira e o math-rock. Uma obra livre que ganha corpo através da transfiguração do post-rock com afrobeat, jazz e de referências ao samba e ao universo da MPB.

 

SERVIÇO:
No Ar Coquetel Molotov BR
Espaço Centoequatro. Praça Ruy Barbosa, 104.
Dia 15.10, às 16h.
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).
http://www.sympla.com.br/quente

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade