Nove empresas alagoanas vencem Prêmio Estadual da Qualidade

Organizações do interior e da capital foram agraciadas por seu compromisso com o modelo de gestão

Nove empresas alagoanas vencem Prêmio Estadual da Qualidade

Foram anunciados, na noite dessa quinta-feira (21), os nomes das nove empresas públicas e privadas que mais trabalharam pela excelência na gestão de seus negócios, destacando-se pelo bom desempenho, inovação e sustentabilidade das suas ações durante o último ano. A entrega do Prêmio Estadual da Qualidade (PEQ/AL), organizado pelo Movimento Alagoas Competitiva (MAC), foi marcada pela satisfação de equipes de várias partes do estado pelo esforço recompensado. 

Para esta premiação, foram analisados oito critérios baseados no Modelo de Excelência de Gestão (MEG): Liderança, Estratégias e Planos, Pessoas, Sociedade, Informações e Conhecimento, Clientes, Processos e Resultados. As organizações foram avaliadas e enquadradas em três diferentes níveis de acordo com sua maturidade de gestão. 

As empresas vencedoras na categoria Primeiros Passos para a Excelência, primeiro nível de pontuação, de 125 pontos, foram Análise Contábil, Central das Impressoras, Senac Arapiraca, Senac Posto Avançado De Tecnologia e Sesc Arapiraca. 

“A Central das Impressoras nasceu há nove anos. Com dois anos, eu tive a oportunidade de conhecer o Modelo de Excelência de Gestão e posso dizer que, até hoje, sou grato ao consultor que me apresentou isso, porque é algo que serve para a minha empresa, para minha família e para a minha vida. Eu, uma empresa pequena, sem conhecimento, diante da Fundação Nacional de Qualidade que diz ‘faça assim’, eu vou fazendo. Tenho só agradecer ao MAC e ao Sebrae por darem apoio às micro e pequenas empresas, pelos seis anos que venho trabalhando com o MEG”, reconheceu Thiago da Silva Pereira, sócio-diretor da Central das Impressoras.

 No segundo nível, categoria Compromisso com a Excelência, de 250 pontos, os vencedores foram o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL); LOG Estratégia, Desenvolvimento e Gestão; e Sesc Guaxuma. E no nível Rumo a Excelência, valendo de 251 a 500 pontos, a empresa Joplas conquistou a Categoria Prata. 

O Prêmio Estadual da Qualidade foi criado, em 2007, pelo Movimento Alagoas Competitiva para reconhecer as organizações que se destacaram na adoção de práticas de gestão alinhadas aos fundamentos da excelência. Desde então, já premiou 65 empresas dos setores público e privado. 

“Nosso maior objetivo é promover o aumento da qualidade, produtividade e competitividade de diversas empresas, pois acreditamos que esta é uma ótima oportunidade para os empresários que buscam a excelência e estão interessados em melhorar cada vez mais o seu negócio, que possam identificar os pontos fortes e oportunidades de melhoria, aprimorar a comunicação e a efetividade de suas ações, além de se preparar para que os seus objetivos estratégicos sejam atingidos”, afirmou Manuel Marques, presidente do MAC.

O presidente da Associação Comercial e, também, do Conselho Deliberativo do Sebrae em Alagoas, Kennedy Calheiros, também deixou suas palavras de congratulação às empresas vencedoras. 

“Se não buscarmos a eficiência, em produzir cada vez mais e melhor, não vamos a lugar nenhum. É para isso que o MAC está trabalhando e é nisso que a Associação Comercial, com seus quase 150 anos de fundação, acredita: em homens e mulheres que trabalham e colocam Alagoas para frente”, disse Kennedy. 

Representando o governador de Alagoas, o secretário Helder Lima, da pasta de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), apontou como as empresas ali presentes colocam o estado em um patamar mais alto de desenvolvimento. “Um trabalho como o do MAC, que vem a reboque de um trabalho nacional com o Movimento Brasil Competitivo, tem uma missão muito difícil que é implantar uma cultura alvissareira de excelência. A mudança de cultura em busca da excelência é um trabalho contínuo, mas vocês são a prova de que é possível, de que Alagoas dá certo e pode dar exemplo para todo o país”. 

Esta foi a primeira vez que o PEQ/AL foi realizado de forma independente do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas – MPE Brasil, para alinhar-se ao cronograma nacional da Rede Qualidade, Produtividade e Competividade (QPC), da qual fazem parte os programas estaduais e setoriais que utilizam o modelo de excelência da gestão. Dessa forma, encerrou-se o ciclo 2015 de avaliação e reconhecimentos em Alagoas. O ciclo 2016 do MPE Brasil já está em andamento, enquanto o do PEQ será iniciado em breve. 

Entre os presentes à cerimônia de premiação estavam Marcos Vieira, Ronaldo Moraes e Roberval Cabral, respectivamente superintendente, diretor técnico e administrativo do Sebrae em Alagoas; Gustavo Novaes, secretário de Finanças de Maceió; Alberto Cabus, representando a Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea); e Milton Pradines, gerente de Marketing e Relações Institucionais da Braskem.


Voluntários e parceiros

Além das nove empresas vencedoras, o PEQ também contemplou dois de seus 38 avaliadores voluntários. Sob os critérios responsabilidade, comprometimento, pontualidade, disponibilidade e qualidade de relatório de avaliação, Edson Carlos Sá foi homenageado como Avaliador Destaque e Otília França reconhecida como Avaliadora Revelação, Primeiro Ciclo de Atuação. 

Nos agradecimentos aos parceiros que ajudaram a tornar o Prêmio Estadual da Qualidade possível, o MAC ainda agradeceu aos apoiadores institucionais Movimento Brasil Competitivo (MBC) e Rede QPC; ao apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ); seus patrocinadores estaduais Associação Comercial De Maceió, Braskem e Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea); e os parceiros Sebrae em Alagoas e Servipa. 

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade