O poeta José Inácio Vieira lança novo livro “Sete” no Museu da Imagem e do Som

Noite de autógrafos acontecerá no Museu de Imagem e Som de Alagoas

O poeta José Inácio Vieira lança novo livro “Sete” no Museu da Imagem e do Som

O poeta José Inácio Vieira, alagoano de alma e baiano de vivência, lança seu livro “Sete” pela editora 7letras, no dia 05 de agosto, no Museu da Imagem e do Som (Misa), equipamento cultural da Secretaria de Estado da Cultura, às 19h. 

Durante o lançamento, além do recital “JIVM pintando o SETE”, que será declamado pelo próprio escritor, os atores Chico de Assis e Paulo Poeta farão uma apresentação do poeta e da sua obra. 

Com o livro “Sete” José Inácio foi o vencedor, na categoria melhor autor, do Prêmio QUEM 2015. O título indica ser a sétima obra do autor, na qual está dividida em sete capítulos, onde cada um está dividido em sete partes e, cada parte, em sete estrofes. 

O livro conta com apresentação do ficcionista e dramaturgo Ronaldo Correia de Brito e dos poetas Salgado Maranhão e Thiago de Mello. A fotografia é do mineiro Ricardo Prado e as capas e ilustrações são da artista plástica pernambucana Hallina Beltrão.

O AUTOR

José Inácio Vieira de Melo (1968), alagoano radicado na Bahia, é poeta, jornalista e produtor cultural. Publicou os livros Códigos do silêncio (2000), Decifração de abismos (2002), A terceira romaria (2005), A infância do Centauro (2007), Roseiral (2010), Pedra Só (2012) e as antologia 50 poemas escolhidos pelo autor (2011) e O galope de Ulisses (2014), esta última organizada pelo poeta e ensaísta Igor Fagundes, que defendeu tese de doutorado, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, na qual a obra de JIVM comparece como parte de uma dramaturgia mítico-filosófica. 

Organizou Concerto lírico a quinze vozes: Uma coletânea de novos poetas da Bahia (2004) e Sangue Novo: 21 poetas baianos do século XXI (2011). Participa de várias antologias no Brasil e no exterior, dentre elas Roteiro da poesia brasileira: Anos 2000 (São Paulo, 2009), Impressioni d’Italia: Piccola antologia di poesia in portoghese con traduzione a fronte (Napoli, 2011), En la otra orilla del silencio: Antologia de poetas brasileños contemporáneos (Cidade do México, 2012), Traversée d’océans: Voix poétiques de Bretagne et de Bahia (Paris, 2012). 

Coordenador e curador de vários eventos literários, como a Praça de Poesia e Cordel, na 9ª, 10ª e 11ª Bienal do Livro da Bahia (2009, 2011, 2013), em Salvador, e o Cabaré Literário, na I Feira Literária Ler Amado, em Ilhéus (2012). Tem poemas traduzidos para o alemão, espanhol, finlandês, francês, inglês e italiano. Foi coeditor da revista de arte, crítica e literatura Iararana, de 2004 a 2008.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade