Obras do Aeroporto de Maragogi devem ter início em 2017

Maragogi é um dos destinos mais procurados do Brasil e vai contar com mais um facilitador que vai proporcionar mais opções aos alagoanos e turistas nacionais e internacionais que visitam o Estado. O governador Renan Filho garantiu, nesta segunda-feira (26), que os trâmites para o início das obras do aeroporto do município já estão praticamente aprovados e […]

Obras do Aeroporto de Maragogi devem ter início em 2017

Maragogi é um dos destinos mais procurados do Brasil e vai contar com mais um facilitador que vai proporcionar mais opções aos alagoanos e turistas nacionais e internacionais que visitam o Estado. O governador Renan Filho garantiu, nesta segunda-feira (26), que os trâmites para o início das obras do aeroporto do município já estão praticamente aprovados e que, em breve, serão iniciadas.

 Renan Filho destacou que o Estado está ultimando os trabalhos de topografia para que possa iniciar a obra. Ele explicou que no governo anterior, Alagoas e Pernambuco tomaram uma decisão, que, segundo o governador, foi equivocada. O antigo projeto visava construir o aeroporto exatamente na divisa entre os dois estados.

 

 

“Isso que pode ser uma ideia democrática, pra não ficar nem de um lado e nem do outro, foi muito danosa para Alagoas porque tinha que ter licença ambiental de dois institutos do Meio Ambiente, além disso, tinha que ouvir o Iphan dos dois estados, causando diversas dificuldades, porque na hora dos recursos, tinha que separar os dois. Isso criou um imbróglio, duas desapropriações, de maneira que uma ideia como essa acabou consternando por muito tempo a construção do Aeroporto em Maragogi”, explicou o chefe do Executivo estadual.

 

 

Renan Filho ressaltou que, ao assumir o Governo do Estado, defendeu que o aeroporto fosse construído em Maragogi, porque talvez seja a cidade que mais recebe turistas no Brasil, entre as cidades que não têm aeroporto. De maneira que o Estado conseguiu puxar o aeroporto para Maragogi, onde facilitou tudo. Foi feito um projeto, o movimento de terra está praticamente concluído e a desapropriação também.

 O governador declarou que pediu a Secretaria Nacional de Avião Civil (SAC) que utilizasse o projeto já existente, que é padrão, para que a obra fosse feita em Alagoas.

 

 

“Nós facilitamos bastante, e essa é uma obra muito importante, da mesma forma do aeroporto de Arapiraca, que é muito importante para o desenvolvimento regional de Alagoas”, finalizou Renan Filho.

 Atualmente, Maragogi ocupa o segundo lugar entre os destinos mais visitados do Estado. O acesso dos turistas é feito, em grande parte, por transporte aéreo, cujo desembarque acontece nas capitais Recife (PE) e Maceió (AL).

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade