'Orgulho de ser do CE', diz Miss alvo de ofensas

A cearense Melissa Gurgel recebeu comentários maldosos na web. A OAB-CE afirma que tal atitude pode ser configurada crime de racismo.

'Orgulho de ser do CE', diz Miss alvo de ofensas

O primeiro dia de atividades de Melissa Gurgel com a faixa de Miss Brasil 2014, após vencer o concurso no sábado, 27, foi marcado por um polêmica. Na segunda-feira, 29, a cearense – eleita a mulher mais bonita do Brasil – teve que lidar com comentários preconceituosos que surgiram nas redes sociais, referindo-se ao seu sotaque e origem nordestina. “Miss Ceará ganhou o Miss Brasil e eu aqui achando que no Ceará só tinha gente feia”, escreveu um internauta. Outros foram mais agressivos e escreveram “Miss Ceará: bonita até abrir a boca e vir aquele sotaquezinho sofrível” e “Lembrem de deixar a TV no mudo quando a Miss Ceará for dar a palestra dela no Miss Brasil do ano que vem.”

O primeiro dia de atividades de Melissa Gurgel com a faixa de Miss Brasil 2014, após vencer o concurso no sábado, 27, foi marcado por um polêmica. Na segunda-feira, 29, a cearense – eleita a mulher mais bonita do Brasil – teve que lidar com comentários preconceituosos que surgiram nas redes sociais, referindo-se ao seu sotaque e origem nordestina. “Miss Ceará ganhou o Miss Brasil e eu aqui achando que no Ceará só tinha gente feia”, escreveu um internauta. Outros foram mais agressivos e escreveram “Miss Ceará: bonita até abrir a boca e vir aquele sotaquezinho sofrível” e “Lembrem de deixar a TV no mudo quando a Miss Ceará for dar a palestra dela no Miss Brasil do ano que vem.”

As ofensas proferidas contra a miss chegaram ao conhecimento do presidente da OAB-CE, Ricardo Bacelar, que se posicionou contra os comentários maldosos. “Soubemos através da imprensa local e a OAB-CE agiu rapidamente para evitar que o povo cearense seja discriminado. Os posts nas redes sociais configuram crime de racismo. Entendemos que as pessoas têm sua liberdade de expressão, mas não podem usar isso para discriminar, nem emitir opiniões depreciativas contra uma pessoa ou um povo. Usaram a Melissa como um símbolo do povo cearense”, explicou ele. 

De acordo com Bacelar, a OAB-CE ofereceu representação ao Ministério Público Federal, que vai investigar e identificar os autores das ofensas. Caso a denúncia seja comprovada, fica configurado crime de racismo e incitação ao racismo, cuja pena varia de dois a cinco anos de prisão. “É preciso defender a honra do povo cearense. Temos orgulho de nossa procedência”, completou.

Em conversa com o EGO na noite de segunda, 29, Melissa contou que ainda não conseguiu ter uma noite inteira de sono desde a sua coroação. “Mas isso não diminuiu a minha animação. O meu sonho começou agora e quero curtir cada instante dele. Vou ter tempo o suficiente para descansar ainda. Por enquanto estou na empolgação e na novidade de tudo. Estou curtindo e adorando carregar essa coroa”, afirmou ela, que quer curtir cada momento até o Miss Universo em janeiro: “Ainda falta um tempinho e eu quero aproveitar muito bem até lá. Principalmente para me aperfeiçoar e chegar com tudo perfeito ao Miss Universo. Quero também conhecer um pouco mais o meu país e ser apresentada a ele. Só assim vou poder levar, de fato, o Brasil para o mundo inteiro apreciar.”

Acreditar nos sonhos

Com 1,68m de altura, 90cm de busto, 60cm de cintura e 90cm de quadril e 20 anos, Melissa Gurgel foi perseverante e manteve na cabeça os seus sonhos. “Cheguei até aqui acreditando nos meus sonhos. As pessoas não podem desistir”,disse ela assim que foi coroada a mulher mais bonita do Brasil. Melissa malhou pesado para vencer concurso.Com a ajuda de um personal trainer, a cearense investiu na preparação física: afinou as pernas, tonificou o bumbum e marcou a cinturinha. “Quando a Melissa veio até mim ela tinha um corpo com medidas não muito expressivas. Por ser modelo, tinha um shape mais sequinho e isso fugia do perfil que ela almejava para conquistar a coroa de miss”, contou seu preparador físico Mardoque Prado.

Mesmo com o sucesso repentino, a Miss Brasil 2014 se manteve humilde. “A gente só perde para a gente mesmo. Essa frase me marcou muito e foi o que me motivou a chegar até aqui e principalmente a ter determinação para pisar naquela passarela e vencer o concurso. A partir do momento em que decidi que vencer seria uma coisa importante para mim, me comprometi na preparação e o resultado foi esse. Podemos ir sempre até onde quisermos com determinação”, disse ela ao EGO no domingo, 28, um dia após o concurso.

Melissa Gurgel agora cumpre uma agenda lotada de compromissos, digna de um Miss Brasil. A próxima etapa a ser conquistada é o concurso de Miss Universo, que será realizado em Miami Beach nos Estados Unidos, no dia 18 de janeiro de 2015.



Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade