Pesquisa aponta os bairros de Maceió com metro quadrado mais caro; confira média de valor

A pesquisa da Fundação do Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) sobre o valor dos imóveis usados em 259 cidades brasileiras, publicada na edição que está nas bancas pela revista Exame, acaba de divulgar dados sobre o valor médio do metro quadrado nos bairros de Maceió em 2017.

Agenda A / Agenda A

Pesquisa aponta os bairros de Maceió com metro quadrado mais caro; confira média de valor

Segundo o levantamento, Guaxuma, Pajuçara e Riacho Doce teriam o metro quadrado mais caro da cidade, com valores médios entre R$ 5201 a R$ 5800, seguidos por Garça Torta, Jacarecica, Jatiúca, Mangabeiras e Ponta Verde, com metro quadrado entre R$ 4 701 e R$ 5 200 (veja lista completa abaixo). Como o levantamento da Fipe, contudo, usa como base da pesquisa anúncios de apartamentos residenciais já entregues, o pequeno número de lançamentos em alguns desses bairros pode ter elevado o valor do metro quadrado acima da média do mercado.

Ainda de acordo com a pesquisa da Fipe, os imóveis usados de Alagoas tiveram uma valorização nos últimos 12 meses de apenas 1% – enquanto na edição passada da pesquisa a valorização teria sido de 1,4%. Apesar da queda na taxa de valorização, o índice em Maceió foi maior do que capitais do Nordeste que quase não cresceram, como Natal (0,1%) e São Luís (0,3%), ou que tiveram queda de preços, como Fortaleza (-3,3%), Recife (-1,3%) e João Pessoa (-0,3%). Entre as capitais do Nordeste, a exceção ficou com Teresina, com variação positiva de 4% nos últimos 12 meses.

Confira abaixo os bairros mais valorizados de acordo com a pesquisa.

1 – Guaxuma, Pajuçara e Riacho Doce (R$ 5201 a R$ 5800);

2 – Garça Torta, Jacarecica, Jatiúca, Mangabeiras e Ponta Verde (de R$ 4701 a R$ 5200);

3 – Cruz das Almas, Centro, Farol, Gruta, Pinheiro, Jaraguá, Pitanguinha e Poço (de R$ 3901 a R$ 4700);

4 – Barro Duro, Antares, São Jorge e  Serraria (de R$ 3001 a R$ 3900);

5 -Santa Amélia, Cidade Universitária, Feitosa e Sanata Lúcia (de R$ 2401 a R$ 3000);

6 – Benedito Bentes, Jardim Petrópolis e Tabuleiro (de R$ 1900 a R$ 2400).

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade