Prefeito entrega veículos para monitoramento costeiro

A capital alagoana passa a contar, a partir desta terça-feira (19), com uma equipe para a fiscalização aquática de crimes ambientais, a exemplo da pesca predatória e desmatamento dos mangues. Os fiscais, que fazem parte da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), passaram por capacitação na Capitania dos Portos e vão atuar em […]

Prefeito entrega veículos para monitoramento costeiro

A capital alagoana passa a contar, a partir desta terça-feira (19), com uma equipe para a fiscalização aquática de crimes ambientais, a exemplo da pesca predatória e desmatamento dos mangues. Os fiscais, que fazem parte da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), passaram por capacitação na Capitania dos Portos e vão atuar em toda extensão das orlas marítima e lagunar.

Uma lancha e duas aquáticas serão utlizadas pela Sempma. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Uma lancha e duas aquáticas serão utlizadas pela Sempma. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A iniciativa pioneira foi possibilitada pela recuperação de uma lancha e aquisição de duas motos aquáticas, que agora serão utilizadas pelos fiscais para o monitoramento costeiro. Os veículos foram entregues pelo prefeito Rui Palmeira, durante solenidade realizada na orla de Pajuçara.

“Esses veículos representam mais um reforço para o trabalho da Sempma, que tem atuado em toda a capital com ações educativas e preventivas. Nossa cidade tem uma vasta orla lagunar e costeira, o que torna esses veículos fundamentais para fortalecer o trabalho de orientação e combate de crimes ambientais nas orlas marítima e lagunar”, disse o prefeito.

Os veículos foram adquiridos por meio do Fundo Municipal do Meio Ambiente, cujos recursos são oriundos de licenciamentos ambientais e multas. “Nós estamos investindo o recurso arrecadado em melhorias para a população, como é o caso do Parque Urbano, que entregamos no Colina dos Eucaliptos, onde a comunidade foi contemplada com aparelhos de recreação, de ginástica e obras de engenharia em geral, por meio do investimento de R$ 500 mil na criação do espaço de lazer”, reforçou Rui Palmeira.

Veículos para fiscalização costeira. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Veículos para fiscalização costeira. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Inicialmente duas motos aquáticas e uma lancha vão reforçar o patrulhamento das praias, rios e lagoas da capital. O monitoramento acontece para coibir, entre outros crimes, a degradação do bioma marinho, pesca ilegal, assoreamentos de lagoas e cortes de manguezais.

“Nossas orlas precisam desse acompanhamento e a iniciativa demonstra que a Prefeitura não está se eximindo das suas obrigações, ao contrario, é mais um reforço para o trabalho de orientação e fiscalização que o Município vem realizando”, acrescentou o vice-prefeito Marcelo Palmeira.

“Com os veículos aquáticos, nós iremos reforçar as fiscalizações nas jangadas e lanchas,  além do combate à pesca predatória e desmatamento dos nossos mangues. Essa é a primeira fiscalização auquaviária de Maceió, cidade de bioma rico que nunca teve essa proteção do órgão municipal responsável. Os fiscais já foram capacitados tanto para entender o bioma, como para conseguir a autorização  da Capitania dos Portos para pilotar os veículos”, destacou o secretário municipal de Proteção ao Meio Ambiente, David Maia.

 

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

HVT Card