Revelação do sertanejo alagoano, Marynna Velozo lança CD #FuiEu

Marynna Velozo é autodidata na música. Aprendeu a tocar violão, cavaquinho e, como brinca, “arranha” no piano. Para os fãs, que a seguem pelas redes sociais e aguardam ansiosamente o lançamento do CD #FuiEu, a revelação do cenário sertanejo alagoano tem show marcado para o dia 05 de junho, no Show Bar do Maikai.   Influenciada pelo avô Dermeval Velozo, que […]

Revelação do sertanejo alagoano, Marynna Velozo lança CD #FuiEu

Marynna Velozo é autodidata na música. Aprendeu a tocar violão, cavaquinho e, como brinca, “arranha” no piano. Para os fãs, que a seguem pelas redes sociais e aguardam ansiosamente o lançamento do CD #FuiEu, a revelação do cenário sertanejo alagoano tem show marcado para o dia 05 de junho, no Show Bar do Maikai.  

Influenciada pelo avô Dermeval Velozo, que sempre manteve a casa repleta de instrumentos musicais – violão, sanfona, cavaquinho – e, aos 10 anos presenteou a neta com o primeiro violão, Marynna Velozo começou a compor e a tocar aos 16 anos. Hoje, já são mais de 40 composições próprias.  

Mas, ainda assim, demorou para que Marynna deixasse tudo de lado para se dedicar à paixão. Nascida na capital Alagoana, aluna dedicada, foi aprovada no vestibular de direito, quando ainda cursava o 2º ano do ensino médio. Ano passado, foi aprovada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL).  

Neste momento, foi preciso muita determinação para assumir à família que sua intenção não era seguir a carreira de publicitária. “Sentei com meus pais, meus avôs e minha irmã e expliquei que meu desejo era seguir a carreira de cantora, mesmo sabendo de todas as dificuldades”, contaMarynna.  

Há dois anos, começaram os preparativos para a gravação do CD. São 16 faixas com três músicas autorais – Fui Eu, Homenzarra e Balada e ela promete encantar e fazer dançar. “É um trabalho que exige muita dedicação, nunca para. Mas música é meu trabalho, meu hobbie, é tudo”. 


Em conversa com a redação do Maceió 40 Graus, a cantora conta um pouco da sua carreira, como suas influências na área musical, a responsabilidade de ser uma das revelações do sertanejo alagoano e a expectativa para o lançamento do CD. Confira a entrevista:  
  
Maceió 40 Graus. Como foi a guinada para a carreira musical? 
Marynna Velozo. Sempre gostei de escrever, fazia poemas, mas nunca pensei em ser artista. Mas essa ideia de cantar e fazer música 'oficialmente' se tornou natural demais. Hoje respiro música, penso não só nas minhas canções, mas nos novos arranjos, como posso dar uma identidade minha as canções conhecidas.  

Qual a expectativa para o lançamento do #FuiEu? Subir pela primeira vez ao palco?  

Eu estou sendo muito bem recebida. A galera está acompanhando todo o processo de gravação e produção do CD, os ensaios, tudo pelas redes sociais. Estamos trabalhando bastante, todos os dias ensaiamos para deixar tudo pronto. Tenho certeza que vou 'colar' em todo mundo.  

E o que não falta na sua playlist? Quais foram suas inspirações na música? 
Hoje, ouço muito Gustavo Lima, Luan Santana, Anitta. Minha base é sertaneja, forró e arroxa. Também já ouvi muito Jonas Brothers, High SchoolMusical, Miley Cirus 
  
Serviço 
O quê: Lançamento CD #FuiEu 
Quando e onde: 05 de junho, na Maikai Show Bar

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade