Samba na minha casa: Tanne Dely promete show com músicas autorais e sucessos já consagrados

Com 15 anos de carreira musical e dona de uma voz marcante, artista alagoana se prepara para subir ao palco no dia 20 de outubro

Assessoria de Imprensa

Samba na minha casa: Tanne Dely promete show com músicas autorais e sucessos já consagrados

O ano da cantora e compositora alagoana Tanne Dely está sendo marcado por desafios e realizações. No início de 2019, a dona de uma voz marcante lançou o primeiro disco autoral ‘A Casa é Sua’, que tem 10 faixas, com colaboração de outros compositores, e foi produzido em Pernambuco, lançou videoclipe e, agora, se prepara para encerrar o ciclo com um show.

Cheia de novidades, a cantora alagoana lançou, no segundo semestre, o videoclipe que dá nome ao disco e está disponível no YouTube e no Instagram. “A música fala do amor entre um casal que sente saudade e se declara na cama”, revelou Tanne Dely.

E, para encerrar o ano com chave de ouro, Tanne Dely promete cantar músicas autorais e grandes sucessos do samba nacional ao subir ao palco no próximo dia 20 de outubro, com o show ‘Samba na Minha Casa’.Para alcançar a sintonia com a música, Tanne revela que foi preciso atravessar alguns formatos de show – do bar ao baile – até se sentir segura para iniciar a carreira autoral no samba.

“Eu comecei no bar com a MPB, passei pela cultura folclórica com o forró quadrilha, enveredei para o samba rock, aceitei o desafio do baile, onde explorei todos os gêneros musicais e, atualmente, encontrei força para, na terra em que nasci, cantar o samba. A música desenvolveu minha personalidade”, contou.

Tanne diz que não demorou para perceber que não cantava só por diversão e descobriu, aos poucos, como fazer do sonho uma profissão com gerenciamento.

“Faço ensaio das notas musicais, mas não ensaio as reações que o palco oferece. Isso torna tudo especial. É o melhor trabalho que Deus poderia ter me dado nessa vida. Cantar para estimular as pessoas de alguma forma”, disse.

Para Dely, não há estrelato em ser cantora. “Cantar e compor são um serviço. Gostaria que fosse mais fácil sair do anonimato, mas, hoje, após 15 anos, eu agradeço a Deus pelos avanços que já alcançamos”, reforçou.

Cantando todos os sentimentos e vivendo a música na essência, Tanne conta que os desafios ensinam.”Posso garantir que, hoje, não sou feita apenas de produção. O que mais ganhei nesses anos foi a capacidade de cantar todos os sentimentos. Todos os desafios que enfrentei, me ensinaram que a música é meu transporte para o mundo. É como eu me comunico”, concluiu.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas