Saulo agita Cafe de La Musique e fala sobre novo projeto

O cantor Saulo Fernandes se apresentou ontem (28/10) e falou com o Maceió40Graus sobre sua relação com Alagoas e as novidades para o que vêm por ai

Saulo agita Cafe de La Musique e fala sobre novo projeto

Na noite desta sexta-feira (28), aconteceu o show do cantor Saulo no Cafe de La Musique, na praia de Pratagy, litoral Norte de Alagoas. O evento Saulo na Praia, contou também com a presença das bandas locais Esquadrão de Bali e Sabaki.

Saulo lotou o lugar e não deixou ninguém parado. Em quase três horas de show, cantou sucessos antigos e novos, pedindo sugestões do público. Ele chegou a cantar também uma faixa do seu próximo disco “O Azul e o Sol”, chamada Incrível Ser, que será lançado no fim deste ano e sairá em turnê em 2017. 

Segundo ele, diferente do seu último album 'Baiuno', que foi mais introspectivo e desnudo, 'O Azul e o Sol' é mais quente e solar, como o próprio nome já diz. O album revisita os ritmos da Bahia, como samba, reggae e merengue. Sempre com muito carisma, quando perguntado sobre a presença de Maceió entre as cidades que receberão a turnê, o cantor garante: “Completamente! Maceió tá confirmado na minha vida inteira”. 

Com presença já confirmada no pré-reveillon Paradise no dia 30 de dezembro, Saulo diz que irá tocar mais de seus sucessos antigos, para agradar o público no geral. Além disso, o cantor diz que espera ser a última atração do show. “Quero tocar até de manhã. Eu adoro e já vivi momentos incríveis aqui [durante o amanhecer].”

O show do cantor é sempre muito esperado em Maceió. Pelo menos uma vez ao ano, Saulo faz uma apresentação marcada por muita energia positiva e carinho com os fãs. Durante sua passagem pela capital, Saulo desceu para atender os fãs e cantou por cerca de uma hora na entrada do hotel. “Cheguei cedo no hotel e não tinha ninguém. Fiquei arrasado (risos).  Mas às 11h eu desci e a galera tava toda lá em baixo. Foi além da música”. 

Ele conta que sua história com Maceió nem sempre foi assim, e que há 10 anos, ainda na Banda Eva, veio cantar em um evento na cidade. Durante o show, ele teve a impressão de que as pessoas não criaram uma conexão com a música deles, ao contrário do show anterior, de Ivete Sangalo. “Hoje é completamente diferente. Nos primeiros acordes as pessoas já entendem a energia, acho que tenho uma galera aqui em Maceió que acredita em mim. Quando chego no palco e vejo todos ali, sinto que não estou sozinho”.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade