Segunda metade de 2019 promete muitos eventos esportivos

“Copa América leva milhares de fãs aos estádios”

Segunda metade de 2019 promete muitos eventos esportivos Photo by SachinDaluja/CC BY 2.0 “Copa América leva milhares de fãs aos estádios”

A segunda metade de 2019 promete muito no que diz respeito aos eventos esportivos. O calendário das diversas equipes olímpicas se aproxima cada vez mais dos Jogos de Tóquio 2020 e as seleções do futebol masculino e feminino têm pela frente a Copa América e a Copa do Mundo.
Qualquer um desses eventos será uma ótima oportunidade de reunir os amigos para acompanhar as partidas no estádio, assistir em casa pela TV ou até mesmo tentar acertar os resultados em algum dos diversos sites de apostas online disponíveis.

Photo by Delta News Hub & Izabel de Lima Fontes/CC BY 2.0 “A cobiçada taça da Copa América”

Seleção masculina na Copa América

Após a última participação da seleção masculina na marcante Copa do Mundo da Rússia, o treinador Tite já afirmou que montar o time para o próximo mundial é prioridade e parte disso passa por ter um bom desempenho na Copa América.
De acordo com o treinador, as eliminações nas quartas da Copa do Mundo e na fase de grupos da Copa América Centenário podem ter tido benefícios inesperados e servido para a equipe amadurecer.
“Aprendizado sempre tem em vitórias e derrotas. Vale para a Copa do Mundo e para a Copa América. Tomara que essa maturidade da equipe também se desenvolva para essa expectativa alta que temos em jogar no Brasil, que dá também um orgulho danado”, afirmou em uma entrevista para a ESPN.
Considerando que a competição será realizada em território nacional e levando em conta a grande importância do esporte no país, Tite afirmou que o time não possui obrigação de vencer, mas que está obrigado a jogar bem.

“(Estamos) Obrigados a ter um grande desempenho. Eu olho a minha carreira e tenho 14 títulos. Tenho obrigação de representar, ser digno, um cara correto, competente. Essa obrigação eu tenho. De resultado, não”, completou.
A seleção canarinho estreia na competição contra a Bolívia em 14 de junho no estádio do Morumbi, que está localizado na sempre movimentada São Paulo. Depois disso, o time encara a Venezuela no dia 18 na Fonte Nova Arena (Salvador) antes de retornar para a cidade e enfrentar o Peru dia 22 na Arena Corinthians.
A competição vai até 7 de julho com direito a uma grande final no Maracanã, mas a participação brasileira nas últimas rodadas depende do resultado dos jogos da primeira fase.

Photo by Agência Brasil Fotografias/CC BY 2.0 “Última Copa do Mundo de Marta promete altas emoções”

Seleção feminina na Copa do Mundo
Pela primeira vez na história da Copa do Mundo feminina, a TV aberta vai transmitir todas as partidas da competição e será possível acompanhar o desempenho da seleção brasileira na Band, Globo e SporTV. Além disso, também serão realizados streamings (transmissões realizadas pela internet) de todos os jogos.
A incontestável Marta ainda é a principal arma da seleção brasileira no grande torneio e a atleta não escondeu a emoção em relação ao crescimento do futebol feminino redor do mundo e especialmente no país ao longo dos últimos anos.

“A gente trabalha para ganhar títulos, algo nítido, oportunidades. Mas voltar aqui na Granja e ver como tudo mudou. Ver que realmente nossa modalidade está crescendo porque a Formiga há 25 anos começou, pela Pretinha, há 30 anos. Não é uma coisa que acontece de um dia para o outro. Para nós que estamos voltadas para essa luta, isso é muito melhor que um título”, declarou em uma entrevista para a Gazeta Esportiva.
Quando perguntada sobre seu papel como veterana na equipe, Marta destacou a importância de ajudar a desenvolver os talentos das novas jogadoras.
“Nossa participação requer também a experiência. Usar isto de uma forma positiva. Ajudar as meninas que estão chegando agora. A gente faz isso muito bem. Precisamos que elas sintam-se melhores. Contar com a Cristiane e a Formiga é uma motivação a mais. Muito importante para equipe”, completou.
A Copa do Mundo feminina funciona da mesma forma que a versão masculina, com fase de grupos e mata-mata. A competição começa no dia 7 de junho e vai até o dia 7 de julho, mesmo dia da final da Copa América.
O Brasil está no grupo C e estreia no dia 9 contra a Jamaica. Em seguida, o time enfrenta a Austrália no dia 6 e a Itália no dia 18. Após esses jogos a seleção encerra sua participação na fase de grupos e o calendário passa a depender do resultado.

Photo by Cesar I. Martins/CC BY 2.0 “Foco nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020”

Equipes Olímpicas também movimentam o calendário no segundo semestre

Além dos torneios das seleções de futebol, também existem outras equipes e competições em 2019 que merecem ser conferidas pelos fãs do esporte.
O Mundial de Basquete acontecerá do dia 31 de agosto a 15 de setembro na China. A seleção brasileira caiu no Grupo F da competição e terá que enfrentar as equipes da Grécia, Nova Zelândia e Montenegro na cidade de Nanquim.
A Grécia conta com Giannis Antetokounmpo, uma das maiores estrelas da forte liga americana de basquete, por isso os brasileiros devem lutar para avançar com a segunda colocação no grupo.

Vale ressaltar que a competição dá direito a sete vagas diretas para as Olimpíadas de 2020 e 16 para o Pré-Olímpico Mundial, o que garante que a seleção brasileira se esforçará ao máximo para ter um bom desempenho.
Entre os dias 14 e 29 de setembro a seleção feminina de vôlei entra em quadra no Japão para disputar a Copa do Mundo da modalidade. Já a seleção masculina joga entre os dias 1 e 15 de outubro. Essa edição não garantirá acesso às Olímpiadas de 2020, mas ainda assim as duas equipes devem proporcionar ótimos espetáculos para os entusiastas da modalidade.
Segunda metade de 2019 promete
Seja através do futebol ou de outras modalidades, a segunda metade de 2019 promete muitas partidas emocionantes para todos os fãs do esporte brasileiros.

 

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas