Sucesso: Feirão do Estudante traz conteúdo multidisciplinar a Maceió

Evento recebeu 6 mil pessoas durante o último fim de semana no Maceió Shopping

Sucesso: Feirão do Estudante traz conteúdo multidisciplinar a Maceió

Três dias intensos e recheados de muito conteúdo e descontração. Esse é o resumo do que estudantes, universitários e professores vivenciaram entre os dias 16 e 18 de outubro, nas 36 horas de duração da 2ª edição do Feirão do Estudante. Promovido pela plataforma Papo de Universitário, o evento reuniu cerca de seis mil pessoas no Maceió Shopping.

A programação contou com aulões de revisão para o ENEM, palestras motivacionais sobre empreendedorismo e relatos de experiências profissionais, além de pocket shows e bate-papo com youtubers e bloggers, cujas profissões surgiram recentemente no ambiente digital.

A estudante Mirele dos Santos destacou que as palestras ajudaram a ampliar sua visão sobre o mercado de trabalho. “Achei tudo perfeito, eles fizeram com que a gente saiba mais a respeito dos cursos e nos orientaram para que não tenhamos medo do Enem”.

Segundo Alberto Antunes, co-fundador do Papo de Universitário, a aposta dessa edição foi a multidisplinaridade. “Queremos inspirar os estudantes a serem protagonistas. Nosso objetivo não era apenas uma preparação para a prova, mas para a vida. Eles puderam descobrir novas oportunidades para o futuro, profissões que acabaram de ser inventadas e as combinações que ampliam as possibilidades. Um advogado, por exemplo, se for abrir seu escritório terá que adquirir conhecimentos para ser também um empresário de sucesso”, pontuou.

Aulões

Atração à parte, os três aulões realizados pelo projeto tiveram inscrições esgotadas, levando mais de 800 candidatos ao cinema do centro de compras. Na ocasião, os participantes  puderam revisar conteúdos de História, Geografia, Matemática, Física, Biologia, Atualidades, Literatura, Química, Português e técnicas para Redação.

Eliane Laurentino, de 20 anos, vai fazer o Enem pela segunda vez e disse que  valeu a pena acordar cedo no domingo de manhã. “Foi maravilhoso. Os palestrantes são de alto nível, sabem interagir e nos deixaram o tempo todo atentos. Aprendi bastante e vou fazer a prova com mais confiança”, disse.

“O estudante tem uma prova de resistência. São dois dias que somados dão 10 horas para resolver uma prova de 180 questões e fazer uma redação. Tudo isso aliado ao fato de que ele tem uma concorrência nacional, o que aumenta muito a pressão. Buscamos compartilhar estratégias que favoreçam a resolução da prova, ajude no ganho de tempo e melhoria de desempenho dos alunos”, ressaltou o professor Ivys Urquiza, um dos idealizadores do evento.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade