Ufal atinge melhor índice da sua história em avaliação de cursos

Ufal conquistou nota 4, numa escala entre 1 e 5. Sete em cada dez (68%) das universidades federais obtiveram desempenho nessa mesma faixa.

Assessoria de Imprensa

Ufal atinge melhor índice da sua história em avaliação de cursos

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) obteve o seu melhor desempenho no indicador de qualidade dos cursos de graduação. Numa faixa de 1 a 5, a Ufal apareceu no Índice Geral de Cursos (IGC), com nota 4. O resultado coloca a instituição alagoana entre as mais importantes do país.

Sete em cada dez (68%) das universidades federais obtiveram desempenho na faixa entre 4 e 5, segundo IGC, que é um indicador de qualidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (Mec).

A reitora da Ufal, Valéria Correia, apontou outras conquistas da Universidade: “Somos a Universidade brasileira que mais reduziu a evasão escolar, após uma série de ações. Tivemos uma melhoria da qualidade expressa nas avaliações e em rankings internacionais. Mesmo enfrentando situações adversas, de cortes orçamentários e ataques à autonomia universitária, vamos finalizar nossa gestão deixando a Ufal em melhores condições do que encontramos”, disse ela.

A procuradora da Procuradoria Educacional Institucional (PEI), Jusciney Carvalho, destaca que os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), realizados em 2018, somaram para essa melhoria no índice geral. “A Ufal finalmente conquistou o conceito 4 no IGC, que se mantinha na nota 3 desde o primeiro ano de implantação desse conceito, em 2007. Além dessa elevação no IGC, a instituição também comemora o saldo positivo com a divulgação das notas satisfatórias dos Conceitos Preliminares de Cursos (CPCs) participantes desse ciclo”, destacou a procuradora.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas