Última chance: Filarmônica reapresenta concerto inspirado nos anos 80 na quarta (12)

Com quase dois anos de existência, a Filarmônica de Alagoas sabe que conquistou o coração do público alagoano.

Amais Imprensa / Aline Angeli

Última chance: Filarmônica reapresenta concerto inspirado nos anos 80 na quarta (12)

Com ingressos esgotados rapidamente em sua primeira edição, a viagem musical pelos anos 80 comandada pela Filarmônica de Alagoas em “80s: O Concerto Ploc” vai ganhar sessão extra na próxima quarta-feira, 12 de junho, às 20 horas, no Teatro Deodoro. “Foi muito emocionante ver o quanto o público se contagiou e voltou no tempo junto com a gente na noite da estreia”, diz o maestro Luiz Martins.

A Filarmônica de Alagoas promete ao público alagoano, mais uma vez, um concerto memorável, revisitando grandes hits em versões sinfônicas arrebatadoras, com duas linguagens musicais em diálogo: a orquestral e a de uma banda base, especialmente convidada para abrilhantar o concerto, composta pelos músicos Jiuliano Gomes (Piano), Jadson Lima (guitarra), Van Silva (contrabaixo) e Maglione Santos (bateria e percussão sinfônica).

“É um concerto para todas as idades e gerações”, diz Luiz Martins. “Assim, vamos fazer um passeio indo de Balão Mágico a Michael Jackson, passando por ícones como Madonna, Legião Urbana, Cazuza, Scorpions e Milton Nascimento, entre outros. Há imensas possibilidades nesse universo verdadeiramente encantador”, completa.

“80s: O Concerto PLOC” faz parte da “Série Mundo”, na qual a Filarmônica flerta com um público mais jovem, que, habitualmente, não consome música clássica.

Com quase dois anos de existência, a Filarmônica de Alagoas sabe que conquistou o coração do público alagoano. E, para continuar a merecer o seu apreço, promete ainda grandes surpresas, esperando que seus sons ultrapassem as fronteiras alagoanas e ecoem também por outros centros, como já vem acontecendo.

Uma viagem musical pelos Anos 80

Tão longe e tão perto, os anos 80 – já chamados de a ‘década perdida’ – foram, sem dúvida nenhuma, marcantes. A geração do Whatsapp, Spotify e do Instagram não sabe, ou pouco conhece, sobre o vinil e o toca-discos, a fita e o vídeo cassete, Walkmans, Atari, Odyssey e a máquina de datilografia.

No Brasil e no Mundo, grandes acontecimentos ficaram registados: surgem os PC´s e o Windows, a Apple cria o seu Macintosh, foi desenvolvido do CD, a AIDS é descoberta, ocorre a primeira eleição direta para presidente da república e, após o término do regime militar, foi promulgada a Constituição de 1988, o Papa João Paulo II sofre um atentado, cai o Muro de Berlim.

Diante de tantos fatos relevantes, como andava a música? Foi um dos períodos mais produtivos e criativos, que rendeu grandes sucessos e artistas que acompanharam uma geração atravessando o tempo. Hits que são tocados até hoje. Dos grandes destaques, a década de 80 inicia com a volta de John Lennon; mas, também, com sua trágica partida aos 40 anos. Foram os anos conhecidos como a década da música eletrônica. Nessa época, o New Wave, assim como toda a estrutura da Dance Music, tornaram-se fenômenos e praticamente um símbolo da época. Surge a MTV e o hip hop, as pistas de dança e as primeiras raves.

No Brasil, surgem as bandas de rock de garagem que foram e são sucesso até hoje. Foi a época dos grandes programas e especiais infantis e, claro, músicas que a gente não esquece, como “Superfantástico”, cantada por Djavan e a Turma do Balão Mágico. Na worldmusic, Michael Jackson foi definitivamente o maior ícone da década de 1980. Com imagem e estilos marcados por suas jaquetas de couro, luva, e o passos do Moonwalk. Thriller tornou-se o álbum mais comercializado de todos os tempos, com vendas estimadas entre 65 a 110 milhões de cópias em todo o mundo.

Madonna foi a maior estrela e símbolo feminino dos anos 80, sendo a cantora que mais vendeu álbuns e singles durante a década, acumulando até a época um total de 70 milhões de discos vendidos e uma enorme quantidade de sucessos que tornaram-se atemporais.

Não dá pra perder essa sessão “última chance”.

SERVIÇO:

Orquestra Filarmônica de Alagoas

Série MUNDO – 80´s: O Concerto Ploc

Quando: QUARTA, 12 de Junho de 2019, às 20h

Onde: TEATRO DEODORO

Ingressos:

Plateia: R$ 30 (meia-entrada)

R$ 60 (Inteira)

Balcão: R$ 20,00 (meia-entrada) e R$ 40,00 (inteira)

Vendas: online pelo site www.sympla.com/filarmonicadealagoas

Chilli Beans (Maceió Shopping)

Galeria Club Lyon (Jatiúca)

Deny Tennis (Shopping Pátio Maceió)

Teatro Deodoro

Informações: (82) 9 93816666 (82) 9 94446228

FICHA TÉCNICA:

Direção Executiva: Thiago Amaral

Direção Artística e Regência: Luiz Martins

Produção Geral: Thiago Amaral e Irina Costa

Produção Executiva: Irina Costa e Thiago Amaral

Realização: DITEAL, COFIA e IRINAVEGAR produções

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade