Vida saudável na terceira idade: o Pilates como ponto de partida

Academia na Ponta Verde destaca os benefícios direcionados aos idosos através do Pilates

Vida saudável na terceira idade: o Pilates como ponto de partida

No dia 27 de fevereiro, é comemorado o Dia do Idoso. Atualmente essa camada da população no Brasil, é superior a 20 milhões de pessoas, um número que cresce a cada dia e que acende a preocupação com a saúde e o bem estar. É importante compreender que com o passar dos anos é natural que haja diminuição de importantes capacidades funcionais como o equilíbrio, enfraquecimento da musculatura, diminuição da resistência, e o aumento da dificuldade em realizar atividades, que até então eram fáceis e corriqueiras.

É indiscutível que, os exercícios físicos – quando praticados de forma correta e com o acompanhamento de profissionais qualificados – garantem não só a preservação da saúde e juventude quanto o bem estar dos praticantes. Entendendo esse fator importante, a academia Personalle Fitness, na Ponta Verde, tem se tornado um importante centro de promoção a saúde do idoso oferecendo serviços como Pilates, musculação e danças.

Por ser uma atividade de baixo impacto, o método Pilates é bastante indicado para idosos, uma vez que atua na prevenção e/ou nos pós-tratamento médico e fisioterápico de dores articulares.

A ideia do método é trabalhar o corpo de forma uniforme. Entre os seus principais benefícios estão, o aumento da flexibilidade da força muscular, melhora da mobilidade nas articulações, do equilíbrio e da coordenação motora, além do aumento da consciência corporal e postural e da melhora da capacidade respiratória e da concentração.

“O desafio é envelhecer de forma saudável e feliz”, afirma a fisioterapeuta Célia Melo que é proprietária da academia. Ela ressalta que antes de iniciar no Pilates, o idoso passa por uma avaliação específica, capaz de identificar as limitações físicas, presença de dor e nível de aptidão física dele. “Somente após esse estudo personalizado, o aluno é direcionado para a realização das atividades”, completou.

Com 90 anos, Dona Cristina (foto), como é carinhosamente chamada, mostra concentração e flexibilidade a cada sessão. Segundo Célia Melo, sua evolução é notória, e a preocupação e o cuidado dos instrutores com esse público mostra o verdadeiro compromisso com a saúde de quem já está na melhor idade.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade