“A solidariedade foi mais contagiosa que o vírus”, diz Luciano Hulk, ao Pânico da JP

O apresentador foi o convidado no retorno do programa à grade, nesta quarta-feira

Assessoria de comunicação / Bárbara Figueiredo

“A solidariedade foi mais contagiosa que o vírus”, diz Luciano Hulk, ao Pânico da JP

Com a equipe reduzida e seguindo os protocolos de saúde para evitar a contaminação pelo coronavírus, Emílio Surita liderou a volta do programa Pânico nesta quarta-feira, 22. Ao lado de Daniel Zuckerman, Samy Dana e Alba Expider, o apresentador defendeu o retorno do programa que preza pelo jornalismo democrático e humor sagaz, com uma conversa franca com o apresentador Luciano Hulk por Skype.

Hulk comentou a rotina da família neste período de isolamento social e destacou sua perspectiva para os próximos meses. “Eu acho que a gente está vivendo um momento na história da humanidade em que a gente precisa ter muitos aprendizados, em todos os sentidos. É um momento para ficarmos muito atentos, porque as decisões que estão sendo tomadas agora podem impactar a vida de todos nós nos próximos anos, independente de onde você mora.”

O apresentador da Rede Globo ainda agradeceu o trabalho árduo dos jornalistas e parabenizou a produção do Pânico pela coragem de voltar à ativa. “A mídia está tendo um papel muito relevante neste momento de informação, de ser o filtro dessa quantidade de fake news ou de informações que não precedem. É muito importante o Pânico estar com esse jeito coloquial e popular, mas sempre com muita seriedade”.

Possível candidato à presidência da República, Hulk não escapou do questionamento sobre a confirmação de sua candidatura. “Eu estou afim de contribuir como eu posso. A ideia é colaborar. Se a gente entregar o país mais pra frente exatamente como pegamos quando nós éramos adolescentes, nós vamos ter falhado”. E ainda dissociou a pandemia a um ato político: “É um equívoco a gente tratar esse problema como uma política e um orçamento de guerra. A narrativa dessa vez é a de salvação, de emergência. Entrar nesse embate político todo dia não é construtivo pra ninguém”.

Amanhã, o programa terá como convidado o Secretário Especial da Previdência e do Trabalho, Bruno Bianco, e na sexta-feira, 24, a entrevista será com o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

/// O Pânico vai ao ar no dial AM 620 e FM 100,9 de segunda à sexta-feira das 12h às 14h00, e no canal de entretenimento da Jovem Pan, no Youtube. ///

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas