Alunos da rede municipal da Barra avançam no Ideb

Com o desempenho positivo, a Barra de São Miguel deixou de ser município prioritário, pois garantiu pontuação acima de 2.

Ascom Prefeitura Municipal da Barra de São Miguel / Fabiana Barros

Alunos da rede municipal da Barra avançam no Ideb

A Barra de São Miguel não é mais classificada como município prioritário pelo Ministério da Educação (MEC). Conforme a classificação, estão nessa categoria de prioritários os municípios com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) estejam abaixo de 2. A pontuação da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Medea Cavalcante de Albuquerque (6º ao 9º ano) saltou de 1,8 para 2,4. O resultado significa a melhoria da qualidade do ensino. A Escola Municipal de Educação Básica José Vieira conquistou a pontuação 4,2 e ultrapassou a meta estipulada pelo MEC.

A Escola Medea Cavalcante de Albuquerque nunca chegou na casa dos 2.0. Ao todo, a Barra de São Miguel tem seis escolas municipais e dois anexos. Em janeiro de 2013, o número de alunos totalizava 1.775, conforme o censo 2012. Em 2016, houve um aumento para 2.596 alunos na rede (Fonte: Portal Conviva Educação).

A atual administração está empenhada na construção de mais uma creche com capacidade para 94 crianças em tempo integral e uma escola no Bairro Alto da Barra com a previsão de conclusão para agosto deste ano 2017. A unidade de ensino atende a todas as normas estabelecidas pelo governo federal e a sua conclusão depende apenas dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Já a Escola Municipal de Educação Básica José Vieira de Andrade superou a meta que correspondia a 4,1 no Ideb e passou para 4,2. A pontuação anterior foi 3,2. “Com relação ao pedagógico as equipes das escolas estão de fato funcionando com planejamento adequado e, além disso, a valorização profissional, implantada em 2014, por meio do Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da Educação inclui todos os professores. Inclusive não tem nenhum professor recebendo abaixo do piso salarial da categoria”, explica Neuza Calheiros, secretária municipal de Educação da Barra.

De acordo com ela, a implementação do PCC foi fundamental para valorizar a categoria e ao mesmo tempo funcionou para motivá-los. Outro ponto que contribuiu foi a merenda escolar. “Os alunos recebem um desjejum e isso garante um melhor aprendizado”, afirma a secretária.

O Governo do Estado reconheceu o empenho do município e cada unidade escolar irá receber R$ 20 mil. A solenidade aconteceu em dezembro. Apesar do avanço, Neuza propõe como desafio assegurar um resultado ainda melhor nos próximos anos.

MANUTENÇÃO

A Prefeitura Municipal da Barra de São Miguel possui uma equipe de manutenção específica para atender a área da educação, ou seja, as unidades de ensino. A equipe é composta por eletricista, encanador, marceneiro, pedreiro e auxiliar de pedreiro. Existe um planejamento de manutenção preventiva. Os profissionais recuperam o mobiliário escolar e garante o conserto de alguns equipamentos, a exemplo de ventilador, ações que representam economia para os cofres do município, além de minimizar transtornos para alunos e professores.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas