Argentinos são barrados no país após baixarem calças na fronteira

Dois torcedores tiveram de voltar ao país por conta do “comportamento inadequado”

Argentinos são barrados no país após baixarem calças na fronteira

A Polícia Rodoviária Federal enfrentou um caso no mínimo curioso na tarde de sexta-feira. Ao atravessarem a fronteira de Uruguaiana, dois argentinos exibiram as nádegas na janela de um ônibus, como uma forma de provocação. Os policiais presentes não aceitaram o gesto, pararam o veículo e os mandaram de volta ao país vizinho. 

A forma de identificação foi ainda mais curiosa. Agentes fotografaram o incidente. Ao entrar no veículo, perguntaram quem foram os torcedores que protagonizaram a provocação.  

– O pessoal fotografou e entraram no veículos. Avisaram que, ou identificavam ou todos teriam de retornar. Acabaram sendo apontados – explica o delegado André Luiz Martins Epifânio. – Eles não foram admitidos por comportamento inadequado.  

De acordo com o delegado, outro torcedor “nervoso” também foi impedido de entrar por mal comportamento. Além disso, dois torcedores “barrabravas” foram pegos na fiscalização de sexta-feira e também tiveram de voltar.   

Somente na sexta-feira, sete mil argentinos ingressaram ao Brasil pela fronteira de Uruguaiana. A tendência é de que o número seja maior neste sábado, já que a fila para entrar no país perdurou toda madrugada.   

O temo médio por pessoa é de 3 horas em toda fila. Mesmo assim, a passagem de cada um é considerada rápida.  


Publicidade

PMM nova Maceio Mobile
PMM nova Maceio Mobile

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

PMM nova Maceio Mobile