Conheça 7 ferramentas para análise de dados

.

.

Conheça 7 ferramentas para análise de dados

A adoção de um serviço de host é um recurso básico para quem quer garantir uma presença online satisfatória ao seu negócio. No entanto, de nada adianta estar presente digitalmente se não há uma eficiente análise dos dados.

Diante do avanço da transformação digital e das novas tecnologias, a análise de dados se consolidou como uma tática fundamental para o gestor conhecer o mínimo do seu mercado, dos clientes e até mesmo de várias características do seu próprio negócio.

Nesse oceano de informação que se tornou o mundo dos negócios, em que o conteúdo se tornou uma das principais iscas para fisgar os clientes, as ferramentas para analisar dados aparecem como uma solução viável. 

Principais ferramentas para a análise de dados

Você sabia que uma das profissões que nos próximos anos estarão em alta é a de Cientista de Dados

Calma, tal previsão não foi feita com uma bola de cristal. Basta dar uma rápida olhada no atual cenário e concluir o quanto a análise de dados é importante para gerenciar vários tipos de negócios na era digital.

O Cientista de Dados é o profissional com capacidade de analisar grandes volumes de dados que são gerados no dia a dia das empresas. Além da análise, tais profissionais estão aptos a transformá-los em informações pertinentes, capazes de auxiliar nas estratégias.

Assim como muitas profissões exigem que os profissionais saibam manusear ferramentas adequadas para o trabalho, a situação não é diferente quando o assunto é a análise de dados. Sim, existem ferramentas para isso e é isso que vamos conferir abaixo. 

1 – Knime Analytics

Essa é uma plataforma que ajuda a manipular, analisar e modelar dados por meio de programação visual. Essa ferramenta conta com vários módulos e também possui uma ampla variedade de ferramentas integradas. 

Tais ferramentas auxiliam os analistas a encontrar insights escondidos em seus dados e também a prever tendências com a ajuda do machine learning, que é o aprendizado de máquina.

Essa plataforma de análise de dados também é open source, ou seja, de código aberto. Além disso, ela é atualizada semestralmente com novos lançamentos e está disponível para dispositivos Windows, macOS e Linux.

2 – Orange

É uma plataforma de análise em que os usuários podem extrair dados via programação visual ou scripts Python em uma janela de terminal. 

Também conta com componentes para Machine Learning e funcionalidades como mineração de dados de fontes externas para execução de processamento de linguagem natural, mineração de texto, bioinformática e análise de rede. Roda em Linux, macOS e Windows.

3 – Tableau Public

Ela permite analisar e visualizar dados, possibilitando que os usuários efetuem a publicação de dados interativos na web. 

Esse software também faz a extração de dados de outras ferramentas, como, por exemplo: 

  • Planilhas Google, 
  • Microsoft Excel, 
  • arquivos CSV, 
  • arquivos JSON, 
  • arquivos estatísticos, 
  • arquivos espaciais, 
  • conectores de dados da Web e OData.

Os analistas de dados também estão aptos a criar gráficos interativos e mapas para serem compartilhados em redes sociais ou incorporados em sites.

4 – R

Quem aí já tem familiaridade com códigos de programação provavelmente já ouviu falar (ou até mesmo já trabalhou) com a linguagem R, porém, ela também é bastante usada para a pesquisa em metodologia estatística. 

As principais características estatísticas incluem modelagem linear e não linear, testes estatísticos clássicos, análise de séries temporais, classificação e agrupamento.

Hoje em dia ela atua muito bem com a manipulação de dados, cálculo e exibição gráfica. Entre as funcionalidades estão a realização de testes estatísticos, análise de séries temporais, classificação e agrupamento.

5 – MATLAB

Ele é um software de análise de dados bastante utilizado por equipes de engenharia e de TI para suportar seus processos de análise de big data.  Além da análise de dados, o MATLAB também é recomendada para o desenvolvimento de algoritmos.

Entre as suas várias funcionalidade, o MATLAB permite que o usuário possa acessar dados de várias origens e formatos. Tudo isso pode ser analisado em um único ambiente integrado.

Além disso, ele possibilita programar algumas atividades específicas, como, por exemplo, manipulação de dados perdidos e limpeza de dados.

6 – SAS

Essa é uma das plataformas de análise de dados mais conhecidas do planeta. Ela não é uma ferramenta gratuita, mas possui várias funcionalidades interessantes, tais como alternativas para utilizar a sua própria interface (GUI) ou elaborar scripts para análises mais avançadas.

O SAS possibilita a tabulação, coleta e análise de dados para pesquisas, bem como fornece suporte, capacitação e certificação de proficiência nessa ferramenta. Uma vantagem dela é a possibilidade do usuário testá-la gratuitamente.

7 – Google Analytics

Até quem não atua na área de análise de dados em algum momento na vida já ouviu falar nessa ferramenta gratuita do Google. 

Basicamente o Google Analytics atua como um serviço de análise que permite o rastreamento e geração de relatórios, sendo muito útil para quem gerencia um site ou um blog. 

Ou seja, além de um bom serviço de host, é importante que o usuário utilize o Google Analytics para ficar por dentro do tráfego e estatísticas do seu site.

As vantagens que a análise de dados proporcionam para o seu negócio

Diante do Big Data, ou seja, do grande volume de dados produzidos cotidianamente nas empresas, saber analisá-los traz uma série de benefícios. Vamos ver então alguns deles? 

Conhecer melhor o público

Graças a coleta e análise de dados, os gestores podem identificar quais são os hábitos e as preferências de consumo de clientes, bem como obter informações sociais e demográficas.

Mais vendas

Ao conhecer com mais segurança as preferências do público é possível promover um atendimento mais qualificado. Isso vai refletir no aumento das vendas.

Qualidade no ensino

No segmento da educação, a análise de dados é uma grande parceira. Ela pode auxiliar educadores a identificar alunos que necessitam de mais ajuda, garantir o progresso dos mesmos de forma adequada e desenvolver métodos adequados de avaliação e apoio aos professores e diretores.

Faz bem para a saúde

A área da saúde também pode se beneficiar diante da análise de dados. Um exemplo disso é a capacidade de monitorar as reações de um determinado grupo de pessoas em redes sociais e, desse modo, antever possíveis casos de epidemias.

Diante dessa previsão, as instituições de saúde poderão se antecipar para adotar as medidas adequadas de prevenção.

Vivemos na era dos grandes volumes de dados

Sendo assim, quando os Big Data são bem analisados e devidamente explorados, eles são capazes de fornecer informações pertinentes aos gestores. 

Hoje em dia, tão importante quanto um serviço de host e a compra de um domínio para um site, está também o conceito de Big Data. Ele representa todo o potencial para descobrir insights referentes ao negócio. 

Isso é fundamental para ajudar a organização na tarefa de prever as necessidades do cliente e da situação do mercado de atuação.

O conceito de Big Data há tempos está ganhando destaque no universo do empreendedorismo. Isso proporciona o aparecimento do profissional conhecido como Cientista de Dados. 

Por isso, tendo em mãos as ferramentas necessárias, esse profissional presta um grande serviço ao analisar com precisão os dados pertinentes que podem fazer um negócio se desenvolver.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas