Cresce a popularidade de modalidades alternativas em Maceió

Os brasileiros realmente começaram a ganhar visibilidade em 2011, quando a nova geração nacional de surfistas passou a conseguir se qualificar e disputar esses campeonatos de renome internacional.

Redação

Cresce a popularidade de modalidades alternativas em Maceió Foto por Legacy600/ CC BY-SA 4.0

O Brasil ainda é conhecido mundialmente como o país do futebol. Ainda assim, modalidades alternativas têm crescido muito nos últimos anos e conquistado cada vez mais espaço em terras nacionais.

O surfe é um dos principais e adquiriu a classificação de esporte há quase três décadas, quando em 1992 a Associação Internacional de Surfe (AIS) criou um circuito dividido em duas divisões conhecidas como WQS e WCT.

O principal objetivo dos atletas é disputar o WCT, em que se enfrentam os 35 melhores do mundo. O ranking muda anualmente e para chegar lá é preciso ser um dos dez melhores das etapas classificadoras do WQS ou um dos três agraciados com um “wild card”, uma espécie de convite aos melhores que foram impedidos de participar de alguma etapa devido a lesões.

Os brasileiros realmente começaram a ganhar visibilidade em 2011, quando a nova geração nacional de surfistas passou a conseguir se qualificar e disputar esses campeonatos de renome internacional.

Conhecida como “Brazilian Storm” (Tempestade Brasileira, em português), essa geração é composta de grandes campeões como Adriano de Souza, Ítalo Ferreira e Gabriel Medina, que costumam ser registrados pelas lentes do exímio fotógrafo alagoano Marcio Canavarro.

Registros fotográficos não são a única façanha oriunda do Nordeste, que possui uma grande tradição em revelar surfistas. É o caso dos alagoanos Anthony Davi e Wellington Reis, uma dupla alagoana que têm obtido grande destaque em campeonatos.

Longe das ondas do mar e das areias da praia, um dos grandes esportes é o poker. A modalidade cresceu de maneira exponencial no Brasil nos últimos anos principalmente devido a popularidade do Texas Hold’em, que foi rapidamente adotada pelos entusiastas brasileiros em clubes e especialmente através de sites online.

A Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH), representante oficial da modalidade no Brasil, afirma que atualmente já são mais de 8 milhões de competidores de todos os níveis ao redor do país e os números têm crescido de maneira constante durante as últimas décadas.

A principal série de competições no país é a Brazilian Series of Poker (BSOP). Com pouco mais de uma década de existência, ela já passou de um início com algumas centenas de competidores e milhares em prêmios para uma fase atual com milhares de competidores e milhões em prêmios.

O crescimento da competição, que atualmente é a maior na América Latina tanto em tamanho quanto em número de eventos, permitiu a ascensão de grandes estrelas no poker nacional. É o caso do alagoano Henrique Lessa, que já disputou diversos campeonatos e recentemente se tornou campeão de uma etapa do BSOP Millions.

Outro competidor nordestino de destaque é a lenda cearense Bruno Foster. O atleta já venceu diversas competições nacionais e internacionais e estima-se que ele tenha conquistado quantias próximas de cinco milhões de reais em premiações durante sua longa carreira.

O grande sucesso do poker no país abriu espaço para outras opções nas cartas. É o caso do blackjack, uma modalidade estratégica na qual um ou mais competidores disputam contra o dealer, responsável por dar as cartas, para conseguir uma mão com a pontuação mais próxima de 21.

Uma grande vantagem que auxiliou no crescimento do poker e que também se aplica ao blackjack é a facilidade para começar. Os entusiastas da modalidade no país já podem praticá-la através de apps como o Full Tilt Casino e nos próximos anos devem surgir cada vez mais clubes especializados.

Seja através das praias e mares com o surfe ou no asfalto com o poker e o blackjack, a participação das modalidades alternativas não para de crescer no país.

As condições sociais e econômicas estão cada vez mais favoráveis para o seu desenvolvimento e o futuro não poderia ser mais promissor.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas