Fernanda Gentil se posiciona ao vivo na Globo: “estupro culposo não existe”

“Estupro é sempre estupro porque quem estupra sempre quer estuprar”, disse ao vivo a apresentadora Fernanda Gentil, ao condenar o episódio de violência sexual contra a jovem Mariana Ferrer

Brasil247

Fernanda Gentil se posiciona ao vivo na Globo: “estupro culposo não existe”

A apresentadora Fernanda Gentil, que substitui  Fátima Bernardes em suas férias, no programa “Encontro”, condenou ao vivo na manhã desta quarta-feira (4) o episódio envolvendo o ato violência sexual contra a jovem Mariana Ferrer  e a sentença que absolveu o empresário André de Camargo Aranha da acusação de estupro.

“Estupro é sempre estupro porque quem estupra sempre quer estuprar. Não existe meio estupro, estupro leve, e muito menos estupro “sem querer”, disse.

Gentil ainda fez um apelo: “Não ignorem esse crime, não silenciem suas vítimas e não aliviem os culpados!!!! Homens do bem, ajudem também a espalhar isso. Por suas esposas, mães, filhas, irmãs e sobrinhas. Porque esse não é um assunto ‘de mulher’ – esse é um assunto que separa inocentes, de culpados”.

O caso do estupro relatato por Mariana ocorreu em 2018 em Florianópolis, Santa Catarina. Aos 21 anos, ela trabalhava como promoter na casa de shows “Café de lá Musique” e relata que foi dopada e estuprada pelo empresário.

Ela registrou sua fala nas redes sociais:

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas