Festival Nordestino de Economia Criativa acontece de 28 a 30 de setembro; saiba como participar

A roda de negócios criativos do festival contará com a participação das empresas alagoanas Agência Alagoas Cultural, Estampa POP, Contém Amores, Do lado de cá, Ekonativa, Layla Vilela Design e Bordeliê.

Assessoria de Comunicação Sebrae / Débora Cristina de Brito

Festival Nordestino de Economia Criativa acontece de 28 a 30 de setembro; saiba como participar

Com o objetivo de propiciar uma experiência de troca e aprofundamento sobre a cultura local como fonte de criação, alegria e desenvolvimento de negócios, o Sebrae irá realizar, de 28 a 30 de setembro, o Festival Nordestino de Economia Criativa. A programação do evento, que será completamente gratuito, contará com 18 palestras, 9 oficinas, 7 rodas de conversa, 6 casos de sucesso, mostra de negócios criativos e apresentações culturais.

De acordo com a analista da Unidade de Competitividade e Desenvolvimento do Sebrae Alagoas, Débora Lima, o festival seria realizado presencialmente na região cearense do Cariri, mas precisou ser adaptado para o formato digital em razão da pandemia do novo coronavírus. “Esse evento é uma organização do projeto Regional Nordeste da Economia Criativa, que é uma iniciativa que a gente está fazendo em conjunto com todos os estados nordestinos. Então, esse é um evento regional que está sendo promovido pelo Sebrae Ceará, mas foi criado em conjunto com as unidades locais dos ‘Sebraes’ na região”, explica.

“Além de promover troca de experiências, o festival tem o propósito de servir como uma fonte de criação, de entretenimento, para desenvolver negócios, para ter insights sobre como desenvolver negócios de forma criativa, além de ser um ambiente que vai contar com atrações, palestras, oficinas e toda a sua programação com representações dos estados do Nordeste”, acrescenta a analista do Sebrae Alagoas.

A roda de negócios criativos do festival contará com a participação das empresas alagoanas Agência Alagoas Cultural, Estampa POP, Contém Amores, Do lado de cá, Ekonativa, Layla Vilela Design e Bordeliê. Além disso, a programação do evento também contará com uma oficina de escultura de cerâmica, facilitada pela artista alagoana Maria Corá, e com painel sobre o futuro da economia criativa, conduzido pelo diretor técnico do Sebrae Alagoas, Vinícius Lages, e sobre os editais de economia criativa, conduzido pela analista Débora Lima.

A programação completa do festival ainda não está disponível, mas já é possível realizar inscrição por meio do site oficial do evento, no endereço http://festivaleconomiacriativa.com.br/.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas