Incêndio atingiu 5 lojas do Centro de Maceió e combate durou quase 12h, diz CB

Duas ruas permanecem sem energia; Perícia e Defesa Civil estão no local

Incêndio atingiu 5 lojas do Centro de Maceió e combate durou quase 12h, diz CB

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) informou que o incêndio ocorrido na noite dessa sexta-feira (13) atingiu as cinco lojas do Centro de Maceió Imperatriz, Gaivota, Eletroshopping, Laser e uma não identificada que vende roupas. O fogo começou no início da noite e só foi controlado às 6h deste sábado. Duas ruas do Centro continuam sem energia elétrica e equipes da Eletrobras Distribuição Alagoas estão no local. 

Segundo informações da assessoria do Corpo de Bombeiros, os militares foram acionados por volta das 18h30, à Loja Imperatriz. Inicialmente, foi passada a informação de que havia vítimas no local, mas os bombeiros descartaram a possibilidade após o acesso das equipes aos estabelecimentos alvos do incidente. 

“Como a Imperatriz tinha comunicação com a Gaivota pelos fundos, esta também foi atingida pelas chamas. Os materiais dessas lojas são de fácil combustão, por isso, o fogo se espalhou com grande velocidade. Foram aproximadamente cinco frentes diferentes para combate, onde as viaturas foram distribuídas. Ao todo, foram deslocadas 14 viaturas e empregados 45 militares”, disse a assessoria. 

Além das duas lojas, acabaram atingidos pelo fogo os estabelecimentos Eletroshopping, Laser e uma loja de roupas não identificada. Outros circunvizinhos sofreram pequenos danos. O incêndio acabou por volta das 6h, quando foram iniciadas as atividades de rescaldo para impedir qualquer foco. Para o combate, foi utilizado um hidrante da Rua do Comércio. 

O local permanece isolado para a avaliação da Defesa Civil Municipal e Perícia, a fim de se chegar às possíveis causas do sinistro. Já as demais lojas do Centro estão funcionando normalmente. 

Energia

Por sua vez, a Eletrobras emitiu uma nota de esclarecimento, informando que as equipes precisaram desligar a rede elétrica de parte do Centro a pedido do Corpo de Bombeiros, logo após o incêndio. A energia foi interrompida por volta das 19h30 e restabelecida somente às 06h08, para os comerciantes que não trabalham no mesmo quarterão dos prédios que incendiaram. 

“Ainda há a necessidade de se manter sem energia as Ruas do Comércio e Boa Vista, apenas nos limites das Ruas Tibúrcio Valeriano e Moreira e Lima. As equipes estão no calçadão e a Eletrobras só poderá dar uma previsão de retorno após a conclusão dos trabalhos”, disse a assessoria. 

Incêndio

A Polícia Militar (PM) havia informado à reportagem que seis funcionários que se encontravam nos estabelecimentos comerciais foram socorridos. De acordo com o Tenente Andrade, do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), que estava próximo ao local no momento que as chamas começaram, um funcionário estava saindo da loja e, ao notar o início do incêndio, entrou para resgatar cinco trabalhadores que estavam no estabelecimento. 

Um dos caminhões do Corpo de Bombeiros, ao tentar se aproximar do incêndio, ficou preso em um buraco que cedeu com o peso do veículo. Enquanto os bombeiros trabalhavam para controlar o fogo, pessoas que estavam próximas ao incêndio tentavam saquear algumas lojas. Eles conseguiram derrubar a porta de um estabelecimento, mas os militares cercaram a área e contiveram a ação.

Nas imagens, gravadas por pessoas que passavam pelo local, o fogo pode ser visto no telhados das Lojas Gaivota e Imperatriz.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas