Instagram começa integração com o Facebook Messenger

Alguns usuários perceberam chats com mais cor, emojis variados e opção para responder mensagens diretamente

Olhar Digital

Instagram começa integração com o Facebook Messenger Mensagem mostrada informa sobre a integração. Foto: Instagram

Facebook parece ter iniciado o plano de unificar as mensagens de seus aplicativos – embora de maneira gradual. Na sexta-feira (14), alguns usuários começaram a receber avisos dentro do Instagram de que poderiam “conversar com amigos que usam o Facebook”.

Uma prova de que essa integração começou, é que o símbolo padrão do Instagram para mensagens – o pequeno avião de papel – foi substituído pelo visto no Facebook Messenger. Essa mudança ocorreu para alguns usuários de sistemas Android e iOS.

O update também deve mudar alguns elementos visuais dentro do Instagram, como trazer uma aparência “mais colorida” aos chats, adicionar a opção de responder diretamente às mensagens – apenas deslizando-as para o lado – e mais emojis. No entanto, ao que parece, a atualização acontece de maneira gradual.

Este parece ser um dos passos do plano de unificação das conversas entre Instagram, Messenger e WhatsApp, com a criptografia como recuso comum entre os aplicativos. O objetivo é o de criar um espaço social mais privado e permitir fácil acesso a todos os usuários a partir de um único app.

Instagram Shop

Para facilitar a maneira com que os usuários realizam compras na plataforma, o Instagram disponibilizou no Brasil a opção Shop. Trata-se de uma nova seção dentro da aba ‘Explorar’ em que são exibidas opções para que os utilizadores adquiram produtos sem precisar sair da rede social.

De acordo com a empresa, a implementação chega com o objetivo de ajudar os usuários a descobrir novas tendências, obter recomendações personalizadas e comprar de marcas e criadores em um só lugar.

Ao que parece, o Instagram procura adicionar gradualmente recursos de compra no aplicativo. Em 2018, por exemplo, a plataforma passou a permitir que os usuários colocassem etiquetas digitais em fotos e vídeos indicando produtos que estavam à venda. No ano passado, a rede social implementou um sistema básico de compras.

Via: The Verge

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas