Prefeitura garante Vale Livro para a Bienal 2015

No mês de novembro, Maceió receberá um dos mais importantes eventos para o incentivo à educação, à leitura e à cultura: a VII Bienal Internacional do Livro, que neste ano homenageará os 200 anos da capital. Promovido pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), com o apoio da Prefeitura de Maceió, o evento foi lançado oficialmente […]

VII Bienal Internacional do Livro Foto:Marco Antônio/Secom Maceió Prefeitura garante Vale Livro para a Bienal 2015

No mês de novembro, Maceió receberá um dos mais importantes eventos para o incentivo à educação, à leitura e à cultura: a VII Bienal Internacional do Livro, que neste ano homenageará os 200 anos da capital. Promovido pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), com o apoio da Prefeitura de Maceió, o evento foi lançado oficialmente nesta quarta-feira (30), durante um café da manhã realizado no Maceió Shopping para apresentação da programação.

Representando o prefeito Rui Palmeira, que cumpre agenda em São Paulo, o vice-prefeito Marcelo Palmeira prestigiou o lançamento do evento e destacou a importância da realização. Na ocasião, o gestor anunciou que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), irá conceder novamente o Vale Livro, um benefício criado pela gestão na Bienal de 2013 para incentivar a compra de livros por parte dos estudantes da rede municipal de ensino.

“Este é mais um evento que a Prefeitura participa em parceria com a Ufal. É uma iniciativa muito importante, sobretudo pelo incentivo à leitura e à educação. Estamos vivendo um momento de transformação mundial, com redes sociais e tecnologias avançadas, então um evento como a Bienal vem para mostrar a força do livro como caminho de ensinamento. Além do apoio à realização, estaremos com nossas crianças da rede municipal de ensino para incentivá-las ainda mais para o conhecimento”, disse Marcelo Palmeira.

Durante o lançamento, o reitor da Ufal, Eurico Lobo, ressaltou a parceria entre a instituição e a Prefeitura, destacando ações conjuntas já realizadas. Ele também reiterou que a Bienal é uma iniciativa consolidada, feita para a sociedade alagoana e lembrou que neste ano o bicentenário de Maceió será lembrado por meio de ações programadas entre os dias 20 e 29 de novembro, período de realização do evento no Centro de Convenções de Maceió.

“A Universidade e Prefeitura têm estabelecido parcerias profícuas nos mais diferentes campos, seja na cultura, em infraestrutura, na cessão de espaços para a instalação de equipamentos sociais, como creches e centro olímpico. Este é o entendimento de representantes públicos sobre a importância de trabalhar em conjunto para a sociedade e a Ufal tem abraçado essa causa e o Município também é parceiro. Quem ganha com isso tudo é a sociedade”, afirmou o reitor.

 

De acordo com a coordenadora da Bienal e diretora da Editora da Ufal, Stela Lameiras, a programação contará com palestras, lançamentos de livros, oficinas e apresentações culturais. Entre os nomes já confirmados na programação do evento, ela citou os escritores Mário Sérgio Cortella, Cristóvão Tezza e Mary Del Priori, além de artistas também influentes no mundo da leitura, como Zeca Baleiro, Fernanda Takai e Gabriel O Pensador.

“Um dos destaques da Bienal é a realização das oficinas, que também firmam a credibilidade do evento como um espaço não só para comercializar livros, mas também onde se respira a literatura, a cultura e a arte de maneira geral. Tudo está sendo projetado com muito esmero e estamos contando com o apoio de órgãos importantes como a Prefeitura de Maceió. Ninguém realiza nada sozinho, sobretudo um evento desse porte”, ressaltou Stela.

Toda a programação e novidades da Bienal podem ser acompanhadas pela página www.bienalalagoas.com.

Vale Livro

Sobre o Vale Livro, o secretário-adjunto de Educação, João Carlos Barbirato, explicou que o benefício, além de incentivar a leitura, também beneficiará a realização do evento com o apoio financeiro. Segundo o gestor, para efetivar os vales, o Município investirá R$ 314 mil em recursos próprios. Neste ano, a novidade é que os técnicos-administrativos e professores também serão contemplados por este benefício, anteriormente cedido somente aos estudantes da rede municipal.

“A Bienal é uma iniciativa importantíssima e a Ufal, com seus parceiros, tem a oportunidade de trazer toda a rede de educação para este evento, colocando alunos de frente com os lançamentos de livros e toda a dinâmica que envolve o projeto. A Prefeitura viu nesse evento, já em 2013, este ambiente positivo e por isso firmou uma parceria para beneficiar os estudantes, técnicos e professores”, disse Barbirato.

O secretário-adjunto acrescentou que os Vales terão valores de R$ 10 para estudantes e de R$ 25 para técnicos e professores. Para retirar o benefício, a Semed disponibilizará pontos de atendimento no Centro de Convenções durante a realização da Bienal.

Além do vice-prefeito Marcelo Palmeira, também prestigiaram o lançamento da programação o secretário municipal de Comunicação Social, Clayton Santos, e o presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), Vinícius Palmeira.


Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas