Que consequências? Brasil é 2º país que mais usa redes sociais

.

.

Que consequências? Brasil é 2º país que mais usa redes sociais

Em uma pesquisa recente, realizada pela organização GlobalWebIndex, que analisou os comportamentos dos maiores mercados nas redes sociais, se chegou à conclusão que os brasileiros fazem com que o Brasil seja o segundo país que mais tempo passa nas redes sociais. Em 2019, se concluiu que, em média, um brasileiro passa 225 minutos por dia nas redes sociais, apenas perdendo para as Filipinas em tempo de utilização.

Ou seja, atualmente, são mais de duas horas por dia que um brasileiro está passando em suas redes sociais, quer seja para se comunicar com familiares ou amigos, ou então para se entreter ou informar com as notícias mais recentes. Mas quais serão os riscos e as consequências que esse tempo de utilização quase recorde traz não só para os mais jovens, mas também para toda a sociedade brasileira?

Em uma fase em que temas como “notícias falsas”, propaganda e também influência das redes sociais está sendo amplamente avaliada e calculada, é importante entender se as pessoas estão encarando essas novas tecnologias como de uma forma positiva ou se, pelo contrário, acabam tirar partido do pior que as redes sociais poderão oferecer.

Impacto das redes sociais na opinião pública é maior

Já ouviu falar do ditado que garante que “quando uma mentira é dita muitas vezes, passa a ser verdade”? Ora, esse acaba sendo um dos maiores problemas que as redes sociais estão apresentando atualmente. Como existe agora um muito maior poder de empresas e pessoas de chegarem a milhares ou milhões de pessoas, um pouco por todo o mundo, nem sempre a mensagem que está sendo passada é correta ou credível.

Basta relembrar a enorme polêmica e investigações que originaram as Eleições Americanas de 2016, em que se acredita que as redes sociais acabaram tendo um papel decisivo para que Donald Trump tivesse conseguido vencer, de forma surpreendente, essas eleições. Porém, como a sociedade brasileira se poderá defender dessa ameaça?

De fato, se a informação nunca esteve tão perto – agora terá acesso a centenas de matérias com apenas alguns cliques de seu celular -, deverá cruzar informações com fontes confiáveis, não apenas dando como verdadeiro uma informação ou uma publicação compartilhada nas redes sociais. É crucial que se mantenha sempre crítico e rigoroso nas informações que está consumindo. Isso porque, apesar dos esforços de grandes empresas, como o Facebook, acaba sendo impossível detectar todas as notícias tendenciosas ou parciais.

Em uma fase em que temas como “notícias falsas”, propaganda e também influência das redes sociais está sendo amplamente avaliada e calculada, é importante entender se as pessoas estão encarando essas novas tecnologias como de uma forma positiva ou se, pelo contrário, acabam tirar partido do pior que as redes sociais poderão oferecer.

Porque as redes sociais se tornam tão viciantes?

Nas maiores empresas, detentoras de redes sociais, existem equipes que apenas se concentram em fidelizar seus usuários. Ou seja, em usar estratégias, ferramentas ou recursos para que você se sinta tentado a permanecer por mais tempo em sua rede social. Acontece muito o “medo de perder” a última atualização de seu amigo ou da foto de um familiar ou de alguém que você gosta.

É interessante, por exemplo, perceber que as identificações de fotos, que se tornaram tão populares no Facebook, foi uma ideia original da equipe de marketing da empresa, como forma de “obrigar” que as pessoas retornassem constantemente para seu perfil, até para entenderem em que foto tinham sido identificadas.

Um pouco como acontece com as estratégias de e-mail marketing, que são muito utilizadas em negócios
E-commerce, nesse momento o Facebook também fazia questão de notificar e enviar e-mails que informavam que você estava sendo identificado. O mesmo ainda acontece, por exemplo, sempre que você recebe o famoso “Like”. Todas essas notificações acabam sendo o grande chamamento e o responsável para que você se sinta “obrigado” a estar constantemente em suas redes sociais.

Poder das redes sociais para entretenimento

Porém, para além de fazerem com que haja mais oportunidades de negócio, a verdade é que as redes sociais apresentam algumas vantagens para você passar um bom momento. Por exemplo, muito recentemente, um jogo do Flamengo foi assistido por mais de três milhões de pessoas no Youtube, um feito que acabou batendo todos os recordes dessa plataforma de vídeos e streaming.

Não há dúvidas que as redes sociais, até para você receber as notícias de futebol hoje, ou até mesmo para assistir aos melhores momentos ou debater com torcedores apaixonados como você são excelente ferramentas de compartilhamento de futebol, como qualquer outro esporte. No entanto, é crucial que entenda as ameaças que as redes sociais poderão ter para seu progresso social e pessoal, entendendo cada vez melhor como essas empresas estão conseguindo viciar cada vez mais brasileiros, mas também usuários um pouco por todo o mundo.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas