São João pede cuidados com os pets

Donos precisam deixar o ambiente do animal confortável em meio ao barulho das bombas juninas

Assessoria de Comunicação / Breno Leal

São João pede cuidados com os pets Marcelo Xereta e Bina. Foto: Jakson Kenedy /Maceió 40 Graus

Uma das características mais fortes do São João são os fogos de artifício e as bombas. Tradicionais nos festejos juninos, eles fazem alegria da criançada e até mesmo dos adultos. Porém, quem tem animal de estimação sabe o quanto esses estouros deixam os bichos inquietos. Alguns cuidados são necessários nessa época, para que os pets não sofram com o barulho.

A coordenadora do curso de Medicina Veterinária da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Maceió, Karla Almeida, explica que o ideal durante os festejos juninos é que o dono torne o momento o mais agradável possível para o animal. “Os cães, principalmente, têm uma sensibilidade muito grande com barulho. Se o dono conseguir isolar o barulho, dar ao animal uma alimentação que ele goste e deixe à disposição alguns brinquedinhos, a fim de evitar o estresse, vai ser muito melhor para o pet”, orienta a coordenadora, lembrando que animais que quase não tiveram contato com barulho durante a vida sofrem ainda mais com esses fogos.

De acordo com Karla, existem animais que têm uma sensibilidade tão elevada que desenvolvem danos no canal auditivo. “Em um momento como esse, de nível elevado de estresse e medo, outro problema que pode ser acarretado são os tremores, que podem ser momentâneos, mas, dependendo do nível, podem ser um problema contínuo. Isso além da possibilidade de os animais ficarem agressivos como forma de defesa”, pontua.

Outro fator que merece a atenção dos donos de animais são as fogueiras. “Principalmente no caso de animais que vivem em casa, quando soltos e assustados com o barulho, há risco de queimadura nas patas. Por isso, é importante que os donos estejam atentos”, ressalta Karla.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade