Secult participa de Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Cultura

Encontro reuniu secretários e dirigentes culturais de todo o país

Ascom Secult Alagoas / Daniel Borges

Secult participa de Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Cultura Foto: Daniel Borges

Gestores de cultura de todo o Brasil se reuniram nesta quinta-feira (16), em Brasília, com intuito de ampliar a atuação dos estados na formulação de diretrizes culturais para pautar o Ministério da Cultura. A secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, junto com os superintendentes de diversidade, Perolina Lyra, apoio cultural, Paulo Poeta, e governança, Mariana Madeiro, participaram do encontro.

Durante o evento, foram apresentadas as principais demandas da área cultural nas regiões e estados brasileiros, uma nova proposta para instrução normativa de alteração da Lei Rouanet e Fundo Nacional de Cultura, e foram escolhidos o novo presidente do fórum e os representantes regionais. Ao final, foi produzida uma carta em conjunto com diretrizes direcionadas para o Ministério da Cultura.

Para o antigo presidente do Fórum, o secretário Leandro Carvalho, que liderou os debates, o respeito da diversidade deve sempre pautar as reuniões. “Este último ano foi bastante difícil para todos os Estados e um grande desafio para que mantermos unidos”, disse.

Eleito o novo presidente do Fórum, o secretário da Cultura do Ceará, Fabiano dos Santos Piuba, destacou a importância do encontro para o país. “Defendemos uma politica pública de cultura para o país, que ainda não é prioridade”, falou.

Para a secretária de estado da Cultura, Mellina Freitas, é de extrema importância à parceria dos Estados, da União e dos municípios para levar efetivamente adiante processos essenciais para a cultura brasileira. “Estou extremamente confiante com esse diálogo aberto, que considero essencial para que as políticas de cultura avancem no nosso país”, disse.

“Através da cultura, nós acessamos os nossos sentimentos, as nossas raízes, e é extremamente importante que todas as manifestações culturais e artísticas sejam pautadas em encontros como esse e que contem com a congregação das lideranças”, continuou.

A titular da pasta também destacou os Pontos de Culturas como uma ferramenta importante para alcance de todos. “Os Pontos de Cultura alcançam lugares mais longínquos e mais diversos, levando atividades muito importantes na preservação e identidade  do nosso povo, no fomento da produção cultural e despertando nas pessoas o sentimento de pertencimento”, destacou.

Para finalizar as reuniões do Fórum Nacional, os dirigentes culturais se reuniram com o ministro da Cultura, Roberto Freire, onde foi entregue a carta com as demandas do setor, assinada por todos os secretários presentes.

Durante a reunião, o ministro anunciou a retomada do Projeto Pixinguinha; uma nova resolução normativa que aprimora a Lei Rouanet, de forma que a torne mais democrática, justa e transparente; e reforçou como primordial para sua gestão a politica de incentivo a leitura. “O ministério quer participar junto com os municípios e estados de todos os eventos literários”, garantiu.

Ele também reforçou a realização de uma força tarefa para que todas as emendas parlamentares bloqueadas sejam distribuídas para cada uma das secretárias beneficiadas. “Não podemos aceitar que convênios já finalizados sejam barrados por portarias”, disse.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas