UBC e Spotify lançam fundo para compositores e artistas afetados pelos efeitos da COVID-19 no Brasil

Como parte do projeto global Spotify COVID-19 Music Relief, o Spotify se compromete a equiparar doações arrecadadas em parceria com a UBC no Brasil para atender centenas de filiados em dificuldades financeiras decorrentes da pandemia da COVID-19; veja quem pode solicitar a ajuda, que faz parte da iniciativa #JuntosPelaMúsica.

Spotify: Agência Ideal H+Ks

UBC e Spotify lançam fundo para compositores e artistas afetados pelos efeitos da COVID-19 no Brasil

Dentro da iniciativa Juntos Pela Música, a UBC, em parceria com o Spotify, lança um fundo de ajuda aos seus associados, para mitigar a paralisação da atividade econômica decorrente da epidemia de COVID-19. Essa iniciativa no Brasil faz parte do projeto global Spotify COVID-19 Music Relief, que recomenda instituições que oferecem alívio financeiro para as pessoas da comunidade musical mais necessitadas do mundo.

Serão disponibilizados R$ 500 mil pela UBC, montante ao qual se somarão outros R$ 500 mil aportados pelo Spotify. O valor inicial da doação de R$ 1 milhão será distribuído a centenas de associados afetados pela crise.

Para pleitear uma das ajudas, é preciso que o associado cumpra os seguintes requisitos:

• Ser filiado à UBC há pelo menos um ano;
• Já ter recebido um mínimo de R$ 800 e um máximo de R$ 12 mil da UBC em direitos autorais em 2019;
• Passar genuinamente por dificuldades financeiras devido às perdas causadas pelo coronavírus. Uma força-tarefa da UBC analisará cada uma das solicitações.

Podem solicitar a ajuda pessoas físicas e microempreendedores individuais. O benefício, uma iniciativa humanitária e de duração limitada, será na forma de uma ajuda mensal de R$ 400 a cada contemplado. Serão quatro parcelas mensais, e centenas de associados serão incluídos na ação.

A iniciativa também será aberta para que outras empresas e organizações, além de pessoas físicas, possam fazer doações aos artistas, através de uma plataforma de financiamento coletivo (crowdfunding). Neste caso, o Spotify se compromete a equiparar a doação em 1:1, ou seja, a empresa vai doar 1 real para cada 1 real equivalente arrecadado pela campanha, até o limite do seu programa global de ajudas do gênero.

A plataforma escolhida pela UBC para a ação de crowdfunding é a Benfeitoria. No link benfeitoria.com/juntospelamusica, você também pode ajudar a financiar algum associado em dificuldades ao longo destes tempos de confinamento. É simples e rápido. A plataforma desconta 4,5% do total cobrado a título de taxa de administração, excetuando doações corporativas e individuais acima de 25 mil reais.

A equipe da UBC já está mobilizada e treinada para avaliar as solicitações, de modo que a liberação dos valores de ajuda emergencial levará poucos dias para ser autorizada a partir da análise do pedido. Espera-se que a primeira leva chegue até os associados antes do fim deste mês de abril. Os pagamentos seguintes serão realizados ao redor do dia 25 de cada mês.

“A UBC sabe que o mundo não pode viver sem arte e não poderia deixar seus artistas e colaboradores abandonados. Nossa ajuda se impõe, é uma obrigação moral e social. E é o que estamos a fazer, sem medir esforços. Agora, junta-se a nós o Spotify, em preciosa parceria, nesta luta humanitária em que estamos empenhados”, disse Paulo Sérgio Valle, presidente da UBC.

“Vivemos um momento em que a palavra ‘coletiva’ de nossa gestão nos impõe responsabilidade e solidariedade. Estes são valores cotidianos para a UBC. Gostaria de agradecer ao Spotify pela inquietação comum, por ajudar aos autores, intérpretes, músicos e produtores, e convidar outras empresas que orbitam o mundo da música, assim como pessoas físicas, a também se mobilizarem. É uma ajuda vital neste momento sem precedentes de nossa história recente”, completou Marcelo Castello Branco, diretor-executivo da UBC.

“Diante desse cenário, o Spotify tem engajado com parceiros de toda a indústria para discutir como podemos apoiar artistas e a comunidade criativa que foram profundamente afetados. Embora o streaming continue a desempenhar um papel fundamental na conexão dos criadores com seus fãs, várias outras fontes de receita foram interrompidas por essa crise. Combater o impacto dessa pandemia na indústria da música exigirá um enorme esforço global, e essa parceria com a UBC possibilita trabalharmos rapidamente para otimizar esses novos recursos aos artistas no Brasil”, afirma Mia Nygren, diretora-geral do Spotify para a América Latina.

É importante lembrar que a ajuda é emergencial e durará exclusivamente durante os quatro meses propostos. Como já explicamos, trata-se de uma doação, e o valor não precisará ser devolvido à UBC e ao Spotify. No link para a página da iniciativa, há um formulário, no qual o candidato à ajuda deverá informar dados pessoais (como nome completo e CPF) e responder a um questionário justificando a necessidade do auxílio.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas