Bolsa Família: recadastramento termina no dia 19

O prazo para a atualização de dados do Programa Bolsa Família (PBF) se encerra no próximo dia 19. Os beneficiários convocados por meio de comprovante de pagamento do benefício devem se dirigir à sede do Cadastro Único (CadÚnico), localizada na Rua Barão de Atalaia, nº 753, no Poço. De acordo com a Secretaria Municipal de […]

Bolsa Família: recadastramento termina no dia 19

O prazo para a atualização de dados do Programa Bolsa Família (PBF) se encerra no próximo dia 19. Os beneficiários convocados por meio de comprovante de pagamento do benefício devem se dirigir à sede do Cadastro Único (CadÚnico), localizada na Rua Barão de Atalaia, nº 753, no Poço. De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), quem não fizer a atualização neste prazo terá o benefício bloqueado a partir de novembro.

Segundo levantamento realizado pela Semas, 8.153 famílias maceioenses foram convocadas para recadastrar suas informações. Um esquema de atendimento especial foi montado na sede do CadÚnico e, por dia, além dos 450 atendimentos diários, são distribuídas 150 fichas prioritárias somente aos usuários que precisam atualizar essas informações.

De acordo com o coordenador do CadÚnico em Maceió, Daniel Cavalcanti, as vagas estão rapidamente sendo preenchidas. “É importante que esses beneficiários procurem o atendimento o mais rápido possível para que possam evitar maiores transtornos durante os últimos dias de prestação do serviço. A nossa preocupação é com a qualidade do serviço oferecido ao usuário”, disse Cavalcanti. Vale lembrar que nenhuma anormalidade foi registrada e os demais atendimentos relacionados aos outros programas do CadÚnico estão ocorrendo de maneira normal.

Para fazer o recadastramento, o titular do cartão deve apresentar originais e cópias dos seguintes documentos: carteira de identidade, CPF, título de eleitor, carteira de trabalho e certidão de casamento (caso possua) dos integrantes adultos da família, além de certidão de nascimento e cartão de vacina dos integrantes menores de seis anos, assim como a certidão de nascimento e declaração de matrícula na escola para crianças menores com idade entre sete e 17 anos.

Além do recadastramento, as famílias também podem realizar o desligamento voluntário do PBF, caso julguem necessário. “O desligamento voluntário do Bolsa Família está incluso nas formas de atualização do Programa. Se o titular do benefício perceber que não necessita mais do valor repassado mensalmente, também pode procurar o atendimento para dar essa informação. É importante esclarecer que, mesmo sendo desligado de maneira voluntária, ele continua com a posse do cartão, pois a qualquer momento ele pode voltar a receber o benefício”, explicou a secretária de Assistência Social, Celiany Rocha.

A sede do CadÚnico funciona de segunda a sexta-feira, das 7h até 14h. Mais informações a respeito dos serviços oferecidos podem ser prestadas por meio do telefone 3315-3686.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade